Experimentámos a nova gama de lubrificantes para a transmissão da Zéfal, composta por quatro tipos diferentes de produtos, o Extra Wet Lube, Extra Dry Wax, Pro Wet Lube e o Pro Dry Lube.

A francesa Zéfal, primeira marca produtora de acessórios para ciclismo, que conta já com mais de 130 anos de história, tornou-se uma marca chave no mundo do ciclismo, desenvolvendo constantemente os seus produtos e aplicando-lhes todos os seus conhecimentos adquiridos.

Os seus quatro tipos diferentes de lubrificantes para a transmissão, criados após três anos de pesquisa, testes de laboratório, testes de campo e vários ajustes, que com a meteorologia actual, onde os dias quentes e secos deram rapidamente lugar às recentes chuvas e posterior regresso dos dias secos, tivemos o palco ideal para usar e abusar deles.

Assim, podemos contar com um leque de lubrificação para todas as condições, desde as extremamente secas e empoeiradas às extremamente molhadas, podendo recorrer a um destes quatro: Extra Wet Lube, Extra Dry Wax, Pro Wet Lube e Pro Dry Lube.

Para o tempo seco, podemos contar com o Zéfal Extra Dry Wax e o Zéfal Pro Dry Lube.

O Pro Dry Lube, é um óleo bastante fino, que facilmente se entranha na transmissão. Destinado a condições secas e poeirentas.

Mantém a corrente e restante transmissão a trabalhar suavemente e sem ruídos, no entanto necessita de reposições mais periódicas em caso de saídas de mais quilómetros.

A sua aplicação também pede um pouco de cuidado, uma vez que apenas ao tombar a embalagem, o óleo começa a escorrer, sendo que se apertarmos a embalagem, irá esguichar muito óleo, acabando por se desperdiçar.

O Extra Dry Wax é um lubrificante à base de água e cera. Este lubrificante, sendo mais espesso, não se entranha tão rapidamente na transmissão, mas torna-se mais duradouro que o Pro Dry Lube.

Oferece uma melhor redução de ruídos e atrito, melhorando a proteção da transmissão e a sua limpeza. Devido à sua espessura, é um lubrificante fácil de dosear aquando da sua aplicação.

Para o tempo molhado, a Zéfal oferece também duas escolhas: o Extra Wet Lube e o Pro Wet Lube.

O Pro Wet Lube, à imagem do Pro Dry Lube, é também bastante fino, entranhando-se facilmente na transmissão. Uma vez que é resistente à água, oferece uma proteção ampliada das partes metálicas contra a corrosão e o desgaste excessivo. Este lubrificante tem ainda a particularidade de ser rapidamente biodegradável.

Tal como o Pro Dry Lube, requer algum cuidado durante a aplicação para evitar que se desperdice, visto escorrer com muita facilidade. A transmissão, como é normal, fica um pouco mais suja que no caso dos lubrificantes para tempo seco, no entanto, é mais duradouro e não requer uma reposição tão periódica em viagens grandes.

Por último, temos o Extra Wet Lube, o “pau-para-toda-a-obra” da Zéfal. Como se percebe desde logo pelo nome, este é um lubrificante destinado ao tempo molhado, no entanto, é eficaz em todas as condições sendo o que melhor desempenho e durabilidade apresenta de entre os quatro lubrificantes.

Produzido com base em teflon e reforçado com nano partículas de cerâmica, oferece uma proteção excecional da transmissão e redução dos ruídos, tornando-o ideal para quando nos propomos a fazer longas distâncias e com condições climatéricas variáveis, sendo altamente resistente à água e oferecendo, tal como o Pro Dry Lube, proteção ampliada contra a corrosão. Tal como o Extra Dry Wax, é um lubrificante fácil de dosear aquando da sua aplicação.

Esta gama de lubrificantes da Zéfal, é excelente para manter a sua transmissão a trabalhar suavemente e protegida das condições climatéricas durante todo o ano, com respostas indicadas para qualquer condição climatérica.

Apenas a apontar como ponto negativo, a facilidade excessiva com que os Pro Wet Lube e Pro Dry Lube escorrem do interior da embalagem e a sua duração.

Em relação aos Pro Wet Lube e Extra Wet Lube, deixam a transmissão algo suja.

Mais informações sobre a nova gama de lubrificantes da Zéfal em www.zefal.com.

Deixar uma resposta