Taça do Mundo de Pista | Ivo Oliveira faz história a dobrar

227

O português Ivo Oliveira continua a fazer história na etapa da Taça do Mundo de Pista, em Minsk, Bielorrússia, ganhando hoje a medalha de prata na disciplina de perseguição individual, depois de ontem ter conquistado a geral da corrida por pontos, graças ao terceiro lugar na última prova pontuável.

Portugal chegou à capital da Bielorrússia sem qualquer medalha em provas da Taça do Mundo de Pista e, a meio do programa, soma já o bronze de ontem e a prata de hoje, além da vitória na geral da corrida por pontos.

Ivo Oliveira alinhou na disciplina de perseguição individual, na qual é campeão europeu de sub-23 e vice-campeão da Europa de elite, com receio de pagar o esforço ontem empreendido para alcançar o pódio na corrida por pontos.

O excelente momento de forma permitiu superar com sucesso as cautelas, fazendo com que o corredor se apurasse para a corrida de disputa da medalha de ouro com o segundo registo na manga de qualificação, 4’17’’522, apenas batido pelo britânico Charlie Tanfield, que cumpriu o contrarrelógio de 4 quilómetros em 4’15’’313.

Os mais rápidos da qualificação encontraram-se num duelo mano a mano na final. O britânico acabou por ser claramente o mais forte, conseguindo mesmo melhorar o registo que fizera na qualificação, terminando a corrida em 4’12’’253. Ivo Oliveira teve um desempenho convincente, com mais uma marca abaixo dos 4’20’’, fazendo 4’19’’718. O terceiro classificado foi o russo Alexander Evtushenko.

“O Ivo teve um desempenho muito bom, tanto na corrida da manhã como na corrida da tarde. Na final manteve registos ao mesmo nível da qualificação até aos dois quilómetros, baixando apenas na segunda metade da prova. O resultado é excelente, sobretudo se tivermos em conta a fase de preparação em que se encontra. Se já estivesse numa fase mais adiantada é possível que a fadiga da corrida de ontem não tivesse qualquer efeito”, avalia o selecionador nacional, Gabriel Mendes.

Só na etapa de Minsk é que a perseguição individual entrou nas contas da Taça do Mundo desta temporada, pelo que o resultado na prova deste sábado é também a classificação geral final. O segundo lugar na Taça do Mundo permite a Ivo Oliveira ascender ao topo do ranking mundial de perseguição.

Ivo Oliveira ainda regressa hoje à pista para fazer dupla com o irmão, Rui Oliveira, na prova de Madison. Os portugueses são uma das 17 duplas que entram em pista cerca das 18h20.

A terceira jornada da etapa final da Taça do Mundo 2017-18, a disputar neste domingo, conta novamente com a presença do duo português. Rui Oliveira alinha no concurso de omnium – scratch, tempo, eliminação e corrida por pontos -, que termina cerca das 17h30, hora prevista para o início da final de scratch, na qual tomará parte Ivo Oliveira.

Os irmãos Oliveira, expoentes máximos do ciclismo de pista português, estão a representar o país, neste fim de semana, na Taça do Mundo. Ao mesmo tempo, o Velódromo Nacional, em Sangalhos, Anadia, recebe hoje e amanhã o Campeonato Nacional de Pista. Prepara-se, assim, dentro de fronteiras, o futuro desta vertente da modalidade, com um recorde de participantes no Campeonato Nacional: 165 corredores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome