A britânica Fiona Hunter-Johnston (Velo Performance) começou da melhor forma a defesa da revalidação da Taça de Portugal Jogos Santa Casa, vencendo a primeira prova pontuável, na manhã deste sábado, em Albufeira.

As corredoras de elite tiveram de completar 87 quilómetros ao circuito urbano algarvio, ficando na dianteira um grupo de três corredoras, entre as quais se decidiu a corrida. Fiona Hunter-Johnston foi a melhor, cortando a meta com 2h04m49s, o mesmo tempo da compatriota e segunda classificada Lauren Dolan (Team Rytger). A terceira foi outra ciclista oriunda do Reino Unido, Jo Tindley (Velo Performance), a 1 segundo das rivais.

A prova de elite foi totalmente dominada por corredoras vindas de fora. A melhor portuguesa foi Marta Branco (Maiatos), 11.ª classificada, a 2m24s da vencedora. O cenário foi diferente nas restantes categorias, nas quais se impuseram as ciclistas nacionais.

Em juniores ficou patente a superioridade de Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ), que completou os 70 quilómetros em 1h22m20s, menos 8m40s do que a segunda classificada, Rafaela Ramalho (Maiatos). A terceira, também a 8m40s, foi Beatriz Faria (Maiatos).

O equilíbrio foi a nota dominante em cadetes. As cinco primeira finalizaram a prova de 53 quilómetros com o mesmo tempo. Beatriz Roxo (Maiatos) venceu, seguida por Beatriz Pereira (Bairrada) e por Laura Simão (5Quinas/Município de Albufeira/CDASJ).

Em veteranas impuseram-se a master 30 Inês Trancoso (Maiatos), a master 40 Cristina Azevedo e a master 50 Cristina Gonçalves (Bike & Nutrition Shop). A classificação por equipas foi encimada pela formação Maiatos.

A primeira prova da Taça de Portugal Feminina Jogos Santa Casa foi disputada por 77 corredoras.

O pelotão feminino regressa amanhã à estrada, dia de realização da segunda prova da Taça, a partir das 11h00, em Palmela. As ciclistas de elite vão percorrer 77,4 quilómetros, as juniores terão de enfrentar 62,5, enquanto as cadetes e as masters vão pedalar ao longo de 46,8 quilómetros.

Deixar uma resposta