A Specialized Tarmac SL7 põe fim aos compromissos, e as corridas nunca mais serão as mesmas. Subir na bicicleta mais leve permitida pelas regras, sprintar na mais rápida, tudo com o lendário manuseamento da Tarmac.

Specialized Tarmac SL7É como se tivéssemos combinado o estilo de escalada e ataque do Julian Alaphilipe, com o poder agressivo de Peter Sagan num único ciclista sem fraquezas. A única opção que precisas fazer é quando atacar.

“Não importa a rapidez da Venge, não importa o quão bem a SL6 lidou com as montanhas, sabíamos que escolher entre as duas significava que nossos ciclistas tinham de fazer compromissos no dia da corrida. Nós simplesmente não estávamos bem com isso. Foi daí
que veio a nova SL7, simplesmente não podíamos permitir mais esses compromissos.” – Cameron Piper, gestor de produto da Specialized.

AERO, RÍGIDO, LEVE. ESCOLHE TRÊS

Porquê forçar os ciclistas a escolher entre aerodinâmica e peso? A Specialized inova há 45 anos e desenvolveu a Tarmac por quase duas décadas. Os engenheiros sabiam que estava na hora de fazer a bicicleta mais rápida do pelotão com o limite legal de peso. Ainda andas numa bicicleta para subir e noutra diferente para sprintar? Isso é tão 2019.

ALGO MAIS LEVE É ILEGAL

Se queres uma bicicleta mais leve, é melhor entregares a tua licença de ciclista. Com menos de 6,7kg fora da caixa, a nova Specialized Tarmac SL7 está pronta para competir no limite legal. Ao limitar a superfície do quadro e estrategicamente reduzindo a largura, os quadros pintados S-Works pesam meros 800 gramas, sem desistir de uma única grama de aerodinâmica, rigidez ou qualidade de condução.

RÁPIDA EM QUALQUER ESTRADA

Ao direcionar os tubos que realmente afetam a aerodinâmica – espigão do selim, escoras, tubo de direção, forqueta – com formas da nossa Free Foil Library, e combinando-os com os guiadores Aerofly II, cabos internos e as novas rodas Roval Rapide CLX, foi criado um conjunto 45 segundos mais rápido que a Tarmac SL6 sobre 40km. Ainda assim, não adiciona uma grama de peso.

NADA TEM MELHOR MANUSEAMENTO

O nome Tarmac sempre definiu o padrão de manuseamento para bicicletas de corrida – resposta telepática no guiador, magia nos pedais e o conforto para te manter fresco ao longo de centenas de quilómetros. A nova Tarmac eleva esse nível mais uma vez. É a Tarmac mais equilibrada de todos os tempos e o melhor exemplo de Rider First Engineering que a Specialized já fez.

FEITA NA COMPETIÇÃO

Nenhuma bicicleta foi mais influenciada pelos ciclistas do que a Tarmac. Tem sido uma colaboração de duas décadas com os melhores ciclistas do mundo, que levou a equipa de engenharia mais longe que alguma vez imaginassem possível, tão longe que de facto, a nova Specialized Tarmac SL7 redefine a moderna bicicleta de competição.

“Uma bicicleta que consegue combinar o melhor da Tarmac e o melhor da Venge? Isso é um sonho para todos. Saber que a performance não é comprometida, é o cenário perfeito.” – Ricardo Scheidecker, Diretor técnico da Deceuninck – Quick-Step.

Porquê? As provas estão a ficar cada vez mais difíceis, mais rápidas e com mais elevação. O Tour de France de 2019 apresentou mais altimetria do que qualquer outro Tour dos últimos oito anos – 52 856 metros – e a Tarmac passou 14 dias de amarelo. Durante a etapa 17 da Vuelta 2019, o recorde foi estabelecido para a média de velocidade mais rápida da história da UCI para uma competição de mais de 200 quilómetros – 50,63km/h – e foi vencida numa Venge. O luxo de escolher entre uma bicicleta aero ou uma bicicleta de escalada não é luxo, é um sacrifício.

UMA BICICLETA, 45 ANOS DE INOVAÇÃO

A inovação nunca termina na Specialized. Quando a SL6 foi lançada, o trabalho na SL7 já havia começado. Os engenheiros estavam empenhados em garantir que os ciclistas nunca teriam de escolher entre aerodinâmica e peso.

Graças aos melhores recursos de Pesquisa e Desenvolvimento do mundo, e uma equipa de engenheiros obcecados, a Tarmac SL7 consegue uma combinação de leveza, aerodinâmica e qualidade de condução anteriormente impensável.

RIDER FIRST ENGINEERING

Com a extensa aquisição de dados das forças em todas as partes do quadro durante testes no mundo real, o Rider First Engineering garante o equilíbrio ideal entre rigidez, peso e qualidade de condução em todos os tamanhos, garantindo que cada ciclista recebe a mesma lendária condução da Tarmac. Começando com a nossa enorme base de dados de telemetria e condução no mundo real, foram criados quadros protótipos que igualavam metas e níveis de rigidez da Venge com conformidade e capacidade de resposta da SL6, e usado o feedback dos ciclistas da Bora-Hansgrohe e Deceuninck Quick-Step para validar as alterações. O resultado é o melhor e mais rápido manuseamento de sempre da Tarmac, para todos os ciclistas.

NOVA FORMA DE VELOCIDADE

Nova Forma de Velocidade é a nossa doutrina, de que a vantagem aerodinâmica não precisa vir às custas do peso ou da qualidade de condução, e a Specialized Tarmac SL7 é a expressão máxima disso. Aperfeiçoamentos infinitos das formas da nossa Free Foil Library permitiram criar a mais leve e mais rápida bicicleta de sempre da Specialized.

EXPERIÊNCIAS INFINITAS

Criar a Tarmac SL7 foi um exercício de paciência. Todos os recursos foram levados ao limite para garantir aerodinâmica, peso e rigidez ideais, sem prejudicar nenhum outro recurso. Isto foi literalmente, durante anos, uma batalha de grama por grama, que envolveu todos os recursos à disposição.

“Quando elevamos cada um destes recursos o máximo que podemos, sem comprometer outro, são os nossos anos de experiencia, os nossos incríveis recursos, que nos deixam fazer uma bicicleta tão leve quanto as regras permitem, um conjunto mais aerodinâmico que qualquer outra coisa na estrada, que ainda oferece qualidade lendária de condução e manuseamento pela qual a Tarmac é conhecida.” – Ian Milliken, Engenheiro de design.

A Specialized projetou exatamente no limite quando desenvolveu a Tarmac SL7. As primeiras amostras dos moldes eram extremamente agressivas e basicamente experimentais: o material mínimo necessário para criar uma estrutura – iriam reprovar nos testes de laboratório, iriam falhar nos objetivos de rigidez, mas estavam quase 20% abaixo da meta do peso. A partir daí, esses quadros em carbono foram embrulhados estrategicamente na oficina de materiais para atingir metas de rigidez.

No laboratório foram testados diferentes sobreposições para melhorar a rigidez, mas analisaram ainda mais nos Programas de Complacência, o que permite variar infinitamente o tamanho, a forma, o ângulo, o material e a pilha de dobras – centenas de sobreposições, com milhares de iterações de dobras, confirmando que o design final tinha a melhor relação rigidez/peso. A adoção desta abordagem significa que o produto final é leve, aerodinâmico e capaz: sem compromissos.

INTEGRAÇÃO PARA VELOCIDADE

Tão rápido e leve quanto é o novo quadro Tarmac SL7, não poderíamos alcançar os objetivos da Specialized sem os componentes mais rápidos do mundo, desde o guiador Aerofly II da Venge até às novíssimas rodas Roval Rapide. Para garantir que serão entregues versões prontas para competição com menos de 6,8kg, foi projetado um novo avanço que economiza 45 gramas, enquanto esconde os cabos do vento para melhorar a aerodinâmica de ponta. Mas os mecânicos do World Tour mantiveram-se honestos, garantindo que faziam uma Tarmac que é fácil de trabalhar dia após dia. Garantindo que os ciclistas possam encontrar o ajuste perfeito.

ALÉM DO GÉNERO

Provavelmente, há mais diferenças entre dois ciclistas homens do que entre um homem e uma mulher. Somente o género não fornece quase dados suficientes para se especializar, o que significa que separar a nova Tarmac SL7 em bicicletas masculinas ou femininas é arbitrário e desatualizado. Significa que é hora de ir além do género.

UMA HISTÓRIA DE VITÓRIA

A Specialized inova desde 1974, e foi há duas décadas que estabeleceu a visão do sucesso no auge das provas de estrada. Do primeiro mundial com Mario Cipolinni em 2002, para os sem precedentes Campeonatos do Mundo consecutivos do Peter Sagan, em 2015, 2016 e 2017, os melhores ciclistas do mundo ajudaram a inovar e tudo isso levou a Specialized até aqui, à Tarmac SL7.

Mais informações em www.specialized.com.