Specialized CruX: ciclocross de competição em estado puro

0
94

O mundo do ciclismo está a mudar e há uma tendência crescente para a prática do gravel e pela utilização da bicicleta nas pistas e caminhos, motivo pelo qual a Specialized desenvolveu a  primeira Diverge em 2014.

Lamentavelmente, a maioria dos fabricantes, optaram por transformar as suas bicicletas de ciclocross em bicicletas dedicadas ao gravel e fazer delas, bicicletas multiuso, que permitem realizar as duas atividades.

A Specialized não concorda com o que tem vindo a acontecer, e acreditamos que as exigências de um atleta de ciclocross quando compete, são bastante elevadas e que estes requerem uma bicicleta desenhada especificamente para esse efeito e não uma bicicleta que dá para várias disciplinas, e acaba por não ser tão específica para aquela que pretendemos.

Quando a Specialized se propos a desenhar uma nova CruX, tínha como objetivo desenhar uma bicicleta de aventura com pneus robustos e com mais espaço entre os seus tacos, bem como uma bicicleta para competir que fosse rápida, fiável , leveve que ultrapassasse tudo como nenhuma outra bicicleta de cross existente. Com vários Campeonatos do Mundo com o seu nome, a CruX tem demonstrado confiança e eficácia nesta disciplina. Esta modalidade leva-te ao limite e esta bicicleta chegou a um nível completamente diferente.

Quadro puro-sangue das corridas

A bicicleta Specilized CruX adota a tecnologia Rider First Engineered™ e pesa apenas 900 gramas para o tamanho 56 – menos 400 gramas do que o anterior conjunto quadro/ forqueta. A Specialized verificou que podería aumentar a elasticidade vertical da parte
traseira baixando a abraçadeira de selim tanto quanto fosse possível. Nesta Specialized CruX a abraçadeira está 20 milímetros mais baixa de forma a dar maior flexão ao espigão de selim. Em linha com a Roubaix, a Diverge, a Venge e a Tarmac, também esta bicicleta vem com eixo traseiro 12 x 142 mm e discos de 160 mm, de forma a que se possam trocar as rodas entre modelos e que se ajustem ao novo standard da industria.

Geometria cross

“As provas de ciclocross ganham-se geralmente nas curvas e sobre as barreiras, razão pela qual a geometria da Specialized CruX tem isso em conta com um tubo superior fácil de agarrar e colocar ao ombro, e com o centro de pedaleiro baixo e um ângulo de direção agressivo.

Espaço para roda

Com a máxima capacidade para escoar a lama, incluímos 8mm de espaço livre entre os tacos para pneus de 33mm de largura. Os modelos S-Works contam com uma pintura hidrofóbica especial, que solta a lama com maior facilidade.

Para mais informações sobre a Specialized CruX, visite specialized.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome