Para todos nós, que usamos a bicicleta, o facto de sermos muito vulneráveis em comparação com os outros utilizadores da rodovia, faz com que seja fundamental sentirmo-nos seguros.

Bontrager Flare RTUma das formas mais eficientes de nos tornarmos visíveis, é recorrendo ao uso de luzes diurnas. Estas devem ter alcance suficiente para que possamos ser vistos e dar tempo suficiente de reação a quem partilha a estrada connosco.

Estamos a usar atualmente a luz de circulação diurna traseira Bontrager Flare RT e é sobre essa experiência que nos vamos debruçar nas próximas linhas.

Bontrager Flare RTAbrindo a embalagem, temos a luz Bontrager Flare RT, com um desenho compacto e leve, um cabo mini USB para carregamento, um suporte com inclinação de 16º, de modo a que a luz permaneça horizontal, depois de instalada no espigão de selim e o habitual livro de instruções, em inglês.

luz de circulação diurna Bontrager Flare RTAntes de usar a luz devemos fazer um carregamento, embora venha carregada de fábrica é sempre conveniente efetuar esta operação logo que se retira da embalagem.

luz de circulação diurnaA instalação da luz Bontrager Flare RT é muito simples, basta colocar o suporte no espigão de selim, este tem alguma elasticidade e pode ser ajustado mediante o diâmetro do tubo.

Depois basta encaixar a luz no local designado até ouvirmos um “click”, que significa que está firmemente presa ao suporte e está pronta a usar.

luz de circulação diurna BontragerRetirar a luz é também muito simples, basta empurrar uma aba plástica e puxar no sentido contrário ao do encaixe e esta solta-se facilmente.

Para ligar basta carregar duas vezes seguidas no botão “power”, para alterar o modo, basta carregar no botão uma para podermos navegar pelos cinco modos diferentes disponíveis. Para desligar a luz, basta pressionar o botão “power” por alguns segundos e a luz desliga-se.

Ao lado do botão para ligar e desligar, encontra-se uma pequena luz led, que nos indica o estado o estado da bateria da Bontrager Flare RT:

  • Luz verde constante: Bateria entre os 25% e 100%
  • Luz vermelha constante: Bateria entre os 5% e 25%
  • Luz vermelha a piscar: Menos de 5% de bateria

O nosso conselho é, não tendo um equipamento para verificar o estado atual da bateria (compatível com os ciclo-computadores Garmin Edge), caso não carregue diariamente, estar atento a esta luz LED e uma vez que esta fique a vermelho, colocar a carregar. Convém não ficarmos sem bateria ao longo do nosso percurso. Para estar sempre seguro, sempre que chegarmos a casa é aconselhável colocar a carregar.

A luz Bontrager Flare RT dispõe de um sensor de luz ambiente que ajusta os modos à claridade disponível.

Os modos disponíveis são 5:

DAY FLASH – Luz intermitente de 90 lumens de intensidade (intensidade máxima) com autonomia aproximada de 6 horas (ajusta à intensidade da luz diurna).

Se a claridade do dia, detetada pelo sensor, é reduzida o DAY FLASH funciona com o modo ALL DAY FLASH, que é também uma luz intermitente com apenas 45 lumens de intensidade, fazendo com que a bateria tenha a sua autonomia prolongada para aproximadamente 12 horas.

NIGHT FLASH – Luz intermitente, em modo noturno. Quando o sensor deteta que a claridade do dia é mínima, o DAY FLASH muda para NIGHT FLASH, o que implica uma intensidade de 5 lumens e uma autonomia de 15 horas, aproximadamente.

DAY STEADY  – É o modo de luz fixa para uma claridade diurna. Tem uma intensidade de 25 lumens e uma autonomia aproximada de 4,5 horas.

NIGHT STEADY – É o modo de luz fixa para a noite, tem uma intensidade de 5 lumens e permite uma duração aproximada da bateria de 13,5 horas.

Resumindo, quanto maior a claridade, maior a intensidade, para permitir uma visibilidade melhor. À medida que a claridade diminui, a intensidade diminui também (porque a luz se torna, obviamente, mais visível), aumentando significativamente a duração da bateria e a autonomia da luz.

De acordo com a Bontrager a Flare RT tem um alcance de 2 km, o que é uma distância suficiente para permitir a um condutor reagir em conformidade, tornando a viagem do ciclista muito mais segura.

A intermitência é feita em três tempos, sendo que no último tempo a luz pisca por três vezes. De acordo com todas as pesquisas desenvolvidas esta é a forma mais eficiente para chamar a atenção dos outros utilizadores da via.

Mais info em www.trekbikes.com.