A Santa Cruz Bicycles apresenta a nova Heckler, a primeira e-MTB da marca californiana.

Em 1996, a Heckler original foi criada quebrando os esquemas pré-estabelecidos na época, foi transgressiva e avançada no seu conceito, e apesar de ter usado um sistema “convencional” monopivot, a sua geometria e proporções perfeitas elevou a experiência de condução para outro nível. Foi sem dúvida um ponto de viragem na história de Santa Cruz.

Um modelo top de vendas que elevou o estatuto da marca ao estrelato. A Heckler de hoje herda a mesma atitude e filosofia da a sua antecessora para trazer a marca para uma nova era.

Santa Cruz Heckler 2020A criação de uma e-MTB, a primeira da Santa Cruz, exigiu um planeamento cuidadoso e um trabalho delicado. O nome escolhido não foi um acaso, mas sim um merecido reconhecimento a um ídolo.

Santa Cruz Heckler 2020Não podia ser outra apenas “mais uma bicicleta”. Teria de manter intacta a filosofia e o ADN da marca. Um modelo divertido, sim, mas ao mesmo tempo sem limites, capaz de enfrentar tudo.

Ágil, brincalhona e divertida

Santa Cruz Heckler 2020A Heckler é uma e-MTB muito ágil, foi criada e projetada à imagem e semelhança da Bronson. Com as mesmas medidas, com os mesmos ângulos, com o mesmo carbono CC.

Usando a Bronson como ponto de partida, a cinética de suspensão foi afinada e integrada a unidade de potência para conseguir uma bicicleta que oferece uma mistura definitiva de desempenho.

As premissas foram: fabricar um modelo ágil e leve, e tentar aproximar-se o mais possível da experiência de conduzir uma bicicleta como a Bronson; na verdade, se as sobrepormos verá como são idênticas.

Santa Cruz Heckler 2020Pesando 20 kg, a Heckler está entre as mais leves e-MTB da sua classe, a bateria incorporada de 500wh mantém o peso baixo, e tem uma autonomia mais que suficiente. As rodas de 27,5” com uma largura de 2,6” fazem da bicicleta um brinquedo com uma enorme manobrabilidade para aproveitar ao máximo os seus trilhos.

O ângulo de direção relaxado (65,5 graus) e o comprimento das escoras de 445mm proporcionam uma sensação de condução rápida e divertida, ao mesmo tempo que oferece uma tração ilimitada quando os trilhos ficam mais íngremes e técnicos.

O sistema VPP do link inferior obrigou os engenheiros a um trabalhar extra, primeiro por causa da posição e ao espaço ocupados pelo motor, e em segundo lugar, porque foi especialmente otimizado para a condução uma e-Bike, nas quais se pedala muito mais tempo sentado e requer suspensão mais ativa na parte inicial para tração máxima.

Motor Shimano

O motor E-8000 watts da Shimano é leve e compacto (2,88 kg), o que nos ajuda a construir uma das mais leves e-MTBs do mercado, permitindo uma distância entre eixos muito contida, semelhante a uma Bronson “a pedais”.

Bateria Shimano E-8035 incorporada

A E-8035 é a mais recente bateria integrada da Shimano. Fornece 504 watts-hora de potência, é leve (2,9 kg), é totalmente removível/substituível usando apenas uma chave de hexagonal de 4mm e é protegida por uma tampa também em carbono CC Santa Cruz. Uma chave allen de 4mm anda sempre na nossa mochila.

Quatro montagens

A Heckler vem com quatro montagens, transmissão SRAM de 12 velocidades, travões SRAM de duplo pistão e discos de 200mm, amortecedores RockShox Super Deluxe com configurações especiais para e-bike e suspensões específicas e-bikes como a FOX 36.

Cores

Santa Cruz Heckler 2020Como é habitual na Santa Cruz, duas cores, uma como “macia” e a outra mais “selvagem”. Blackout é uma mistura elegante de cinza escuro brilhante (quase preto), combinada com o cobre mate dos logótipos. A combinação Yellow Jacket é muito mais marcante, pois mistura um amarelo quase fluorescente com os logótipos pretos.

A Bicimax, é a distribuidora da Santa Cruz Bicyles em Portugal, Espanha e Andorra. Mais informações em www.santacruzbicycles.com.

Deixar uma resposta