Rui Costa vence a 6.ª etapa do Critérium du Dauphiné

4367

Rui Costa vence a 6.ª etapa no Critérium du Dauphiné 2015 (2)“Foi um dia maravilhoso”, desabafou Rui Costa, que ascendeu ao segundo lugar da geral.

O ciclista português Rui Costa (Lampre-Merida) afirmou hoje que viveu um “dia maravilhoso” no Critérium du Dauphiné, ao vencer isolado a ‘montanhosa’ sexta etapa, entre Saint-Bonnet-en-Champsaur e Villard-de-Lans.

“Foi um dia maravilhoso. Quando saímos para esta etapa, já sabíamos que, certamente, ia ser um dia difícil, mas foi ainda mais complicado, com muita chuva”, disse o campeão do Mundo de estrada de 2013, ainda antes da cerimónia do pódio.

Rui Costa vence a 6.ª etapa no Critérium du Dauphiné 2015 (3)Rui Costa, que ascendeu ao segundo lugar da geral, lembrou que “o terreno era muito difícil” e que, “para agravar a situação, a primeira parte da corrida foi muito movimentada muito rápida, até dar-se a fuga”.

O português integrou a fuga, com cerca de três dezenas de ciclistas, e na parte final logrou fugir aos ‘ilustres’ resistentes, o italiano Vicenzo Nibali (Astana), o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) e o francês Tony Gallopin (Lotto-Belisol).

“Foi preciso gerir, estar bem. Na parte final, geri o esforço para chegar aqui, erguer os braços e festejar a vitória”, disse, visivelmente satisfeito, e em português, o vencedor da sexta tirada da prova.

Rui Costa vence a 6.ª etapa no Critérium du Dauphiné 2015 (4)Na geral, Rui Costa, que após a quinta etapa estava no 22.º posto, a 2.11 minutos do anterior líder, o norte-americano Tejay van Gerderen (BMC), é agora segundo, a 29 segundos de Nibali, vencedor da edição 2014 da Volta a França.

“Seguem-se dois dias muito complicados, com duas chegadas em alto, mas quero disfrutar do dia de hoje. Conseguir uma vitória no Dauphiné é muito importante para a minha confiança, para o meu ego, para o ‘Tour’ de França, que vem ai. É maravilhoso”, finalizou.

Rui Costa venceu isolado a sexta etapa do Critério do Dauphiné, entre Saint-Bonnet-en-Champsaur e Villard-de-Lans, em França, com final numa contagem de montanha de terceira categoria, ascendendo ao segundo lugar da geral.

Rui Costa cumpriu os 183 quilómetros da tirada em 4:29.23 horas, superando na parte final Nibali, segundo, a cinco segundos, Valverde, terceiro, a 38, e Gallopin, quarto, a 39.

Fica o vídeo do final da etapa em que se pode ver os comentadores da TVI24 a vibrarem com a vitoria de Rui Costa:

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome