Giovani Visconti (Vini Zabù-KTM) abandonou hoje o Giro d’Italia, por lesão, e deixou Ruben Guerreiro (Education First) mais perto do triunfo na classificação da montanha.

Ruben Guerreiro quase ‘rei’ da montanha com abandono de Giovani Visconti
Foto Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

“O Giovani Visconti não vai partir para a 18.ª etapa do Giro, desde Pinzolo até Laghi di Cancano. O corredor siciliano tem sofrido há vários dias de uma tendinite patelar, que foi tratada depois da etapa de ontem [quarta-feira], mas esta manhã voltou a ter dores, até a descer as escadas, fazendo-nos decidir pelo abandono”, lê-se no comunicado da Vini Zabù-KTM.

Ruben Guerreiro ‘destronou’ Visconti da classificação da montanha do Giro na quarta-feira, ao somar 198 pontos, contra 148 do italiano, que era o principal ‘rival’ do ciclista natural de Pegões, no concelho do Montijo.

Ruben Ruben Guerreiro quase ‘rei’ da montanha com abandono de Giovani Visconti quase ‘rei’ da montanha com abandono de Giovani Visconti
Foto Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

O belga Thomas De Gendt (Lotto Soudal) subiu ao segundo lugar desta hierarquia, com 82 pontos, à partida para os 207 quilómetros da etapa de hoje, a 18.ª, que conta com quatro contagens de montanha, uma de categoria especial, no Stelvio, uma de segunda e duas de primeira, a última das quais coincidindo com a meta.

Ruben Guerreiro quase ‘rei’ da montanha com abandono de Giovani Visconti
Foto Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

João Almeida (Deceuninck-QuickStep) enverga a camisola rosa, símbolo da liderança na corrida, desde a terceira etapa, tendo iniciado a tirada de hoje com 17 segundos de vantagem sobre o holandês Wilco Kelderman (Sunweb).