Ronde de l’Isard | Tiago Antunes terceiro na geral e João Almeida terceiro na juventude

31

O português Tiago Antunes (Aldro Team) foi hoje o terceiro classificado na etapa de abertura da Ronde de l’Isard, competição internacional francesa de sub-23. O britânico Stephen Williams (SEG Racing) venceu a tirada de 125,9 quilómetros, entre Lorp-Sentaraille e Eycheil, e comanda a classificação geral. João Almeida foi o melhor elemento da Equipa Portugal e é o terceiro na classificação da juventude.

A viagem foi animada por um grupo de 11 fugitivos. Os mais resistentes entre os aventureiros ainda chegaram em cabeça de corrida à subida de 3,5 quilómetros com inclinação média de 7 por cento. Mas o protagonismo final ficou a cargo dos corredores que, mais frescos, saíram do pelotão apenas nas rampas de acesso à meta.

O melhor de todos foi Stephen Williams, que venceu isolado. O segundo foi o belga Julien Mertens (Lotto Soudal U23), a 8 segundos, deixando o lugar mais baixo do pódio, com o mesmo tempo, para Tiago Antunes, que não pôde representar a Seleção Nacional, em virtude de a equipa de que faz parte, Aldro Cycling Team, também integrar o pelotão da corrida.

Um dos atacantes da curta mas intensa subida final foi João Almeida, corredor da Equipa Portugal. O vencedor da Liège-Bastogne-Liège de sub-23 tentou surpreender o que restava do pelotão, a cerca de 1 quilómetro da meta, mas não teve sucesso. Acabou na 14.ª posição, a 16 segundos do vencedor.

Hugo Nunes foi 23.º, a 29 segundos, Jorge Magalhães foi 39.º, a 56 segundos, André Carvalho foi 56.º, a 1m40s, Veneslau Fernandes foi 93.º e André Ramalho 96.º, ambos a 10m34s.

Mercê das bonificações, Tiago Antunes está a 14 segundos do vencedor da etapa de hoje na geral. João Almeida é 14.º, a 26 segundos, Hugo Nunes é 23.º, a 39 segundos, Jorge Magalhães é 39.º, a 1m06s, André Carvalho é 56.º, a 1m50s, Venceslau Fernandes é 93.º e André Ramalho 96.º, os dois a 10m44s.

O desempenho consistente da Equipa Portugal coloca a Seleção Nacional no quinto lugar coletivo entre 25 equipas participantes. João Almeida está na luta pela camisola da juventude, ocupando o terceiro pontos entre os mais novos, apenas a 5 segundos da liderança, que pertence a Maxim van Gils (Lotto Soudal U23).

“Em termos gerais, a Seleção esteve bem. O João Almeida bateu-se com os melhores. Se se resguardasse poderia ter feito um lugar mais perto do vencedor, mas tentou a sua sorte, o que permitiu testar a condição. O Hugo Nunes também deu sinais muito positivos, numa subida demasiado curta para as suas caraterísticas. Quem esteve muito bem e revelou ser um dos mais fortes do pelotão foi o Tiago Antunes”, considera o selecionador nacional, José Poeira.

A segunda etapa, a disputar nesta sexta-feira, volta a ter a meta em subida. A ligação será de 154,3 quilómetros, entre Fonsorbes e Goulier-Neige.

A Ronde de l’Isard é uma das mais importantes provas internacionais de sub-23 e uma porta de acesso dos jovens ao pelotão profissional. Os três primeiros classificados das derradeiras três edições representam, em 2018, equipas WorldTour e Continentais Profissionais. Em 2018 venceu o russo Pavel Sivakov, atualmente no plantel da Team Sky.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome