O colombiano Rigoberto Urán (Education First-Drapac), segundo classificado em 2017, abandonou hoje a Volta à França, antes do início da 12.ª etapa, que liga Bourg-Saint-Maurice ao Alpe D’Huez.

Urán sofreu uma queda na nona etapa, no ‘pavé’ de Roubaix, e nas duas últimas tiradas perdeu muito tempo, acabando por ser forçado a abandonar, devido, segundo a sua equipa, a dores na zona lombar e na perna esquerda.

“Ontem [quarta-feira] foi o primeiro dia de alta montanha, todo o dia a subir e tive dores permanentes no meu corpo”, disse Urán.

Para o diretor desportivo da Education First-Drapac, Charles Wegelius, considerou que “o mais importante neste momento é a saúde do corredor”.

Após as 11 primeiras etapas, Urán era 30.º da geral, a 31.03 minutos do líder, o britânico Geraint Thomas (Sky).

Deixar uma resposta