Ricardo Marinheiro e Lucia Vázquez conquistam Taça

1968

Taça de Portugal Liberty Seguros de Cross Country Olímpico 2015O luso Ricardo Marinheiro (SL Benfica) e a espanhola Lucia Vázquez (PC Quintena) sagraram-se hoje vencedores da Taça de Portugal Liberty Seguros de Cross Country Olímpico (XCO) na categoria de elite, triunfando na derradeira prova pontuável, disputada em Avis.

Os dois vencedores revelaram enorme superioridade na última etapa da competição. Ricardo Marinheiro comandou a corrida de elite masculina desde a primeira volta, chegando ao final isolado, com 1m55s de vantagem sobre o britânico Sebastian Batchelor (Fluid Fin Race Team), segundo classificado, e com 3m28s sobre o terceiro, Mário Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde).

O campeão nacional, David Rosa (Liberty Seguros/Movefree), regressou hoje à competição, após uma paragem provocada por lesão, pagando a falta de ritmo com o oitavo lugar, uma prestação que o impediu de discutir a geral da Taça, apesar de ter chegado a Avis a apenas um ponto de Ricardo Marinheiro. José Dias (Seissa/Roriz/Matias e Araújo/Frulact) foi o melhor sub-23, em Avis e na geral.Taça de Portugal Liberty Seguros de Cross Country Olímpico 2015 mulheresA prova feminina também foi palco de uma exibição a solo de Lucia Vázquiez, que conseguiu terminar a corrida com 6m16s de vantagem sobre a segunda classificada, Joana Monteiro (ASC/Focus Team/Vila do Conde). A terceira foi a estoniana Maaris Meier (Maiatos/Reabnorte), a 8m44s, um resultado que a impediu de bater-se pela conquista da Taça com Lucia Vazquez. O desempenho de Joana Monteiro valeu-lhe a conquista do troféu em sub-23.

João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) foi o melhor júnior em Avis, confirmando a vitória na geral da Taça de Portugal Liberty Seguros. Entre as juniores, Diana Ferreira (BMC/Sram/Póvoa de Varzim) venceu a corrida deste domingo e beneficiou da desistência de Desiree Castro (Quinta das Arcas/Interdesign/Xarão) para chegar ao topo da geral.

O cadete Leonardo Marcelino (Róódinhas/Santos Silva) ganhou em Avis e, assim, sagrou-se vencedor da Taça de Portugal, uma vez que Nuno Costa (ASC/Focus Team/Vila do Conde), não conseguiu melhor do que a quarta posição. No setor feminino, Marta Branco (ASC/Focus Team/Vila do Conde) reafirmou no alto Alentejo a superioridade manifestada ao longo da época e levou o troféu para casa.

Nas classes de veteranos, Marco Sousa (Róódinhas/Santos Silva) triunfou em Avis e ganhou a Taça em masters 30, o mesmo acontecendo com o master 40 António Sousa (Quinta das Arcas/Interdesign/Xarão) e com o master 50 António Silva (ProRebordosa/Garrafeira Gomes), enquanto a geral de masters femininas foi ganha por Teresa Fernandes (Clube Xelb), apesar de a melhor master em Avis ter sido Ângela Gonçalves (BTT Gardunha/Fundão 365 À Descoberta).

Ivo Pereira (Róódinhas/Santos Silva) foi o único paraciclista presente na corrida do Norte Alentejano, aproveitando para ser coroado vencedor da Taça de Portugal.

A Taça coletiva viaja para Vila do Conde, na bagagem da equipa ASC/Focus Team/Vila do Conde, segunda na corrida deste domingo, batida pela formação Róódinhas/Santos Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome