A Joberg2c é uma corrida atípica, uma corrida que não é apenas uma corrida, mas uma prova, uma prova que atravessa a África do Sul de Joanesburgo para perto de Durban e atinge as águas do Oceano Índico por mais de 900 kms dividido em 9 dias com um percurso para todos os públicos, com o mínimo de preparação.

Joberg2cO mais importante nesta corrida é o corredor, seja qual for o nível, com os melhores refrescos e os melhores pequenos almoços – refeições e jantares que podem existir, nunca faltando nada, com instalações perfeitas, especialmente tendo em conta o isolamento de alguns locais.

Todas as manhãs, uma gravação de um galo e todos os tipos de animais selvagens africanos acordam os atletas às 5:30 da manhã, um pequeno almoço variado e completo, e a saída é às 7 da manhã.

Joberg2cA principal razão é aproveitar ao máximo a luz do dia para que aqueles que demoram mais para completar as etapas tenham tempo suficiente.

Joberg2cMas entrando em detalhes, como dizem os organizadores, três amigos que à 10 anos atrás decidiram começar esta corrida, a rota é o rei e eles, sem dúvida, conseguiram isso.

Joberg2cExistem dois tipos diferentes de etapas nesta corrida, que poderíamos chamar de flat com uma predominância de faixas largas e rápidas, nas quais rolam em grupo e o pequeno desnível que é feito com base em encostas íngremes e curtas. O segundo tipo de etapa é aquela que é mais montanhosa e acima de tudo, com uma grande parte de trilho.

Joberg2cA paisagem sempre elogia a rota, nas primeiras etapas os campos ásperos com suas plantações de milho e com o incentivo de ver algum animal selvagem do tipo impala, zebra, kudu a correr perto dos atletas ou a cruzar o trilho.

Joberg2cEntre as etapas da Joberg2c, devemos destacar a etapa 8 em que um caminho chamado “o cair” a queda, um caminho de aproximadamente 35 quilómetros ininterruptos de descida, completamente ciclável e nada técnico, mas com muito fluxo. Mãos e braços doem depois de mais de 1 hora no mesmo caminho descendente.

Este trilho desce ao longo da borda de um vale com uma inclinação muito íngreme que deixa um postal imensa beleza, mas por causa de sua velocidade é melhor parar para apreciar-lo e não olhar para longe do caminho. Esta etapa é uma combinação de subidas por caminhos e trilhos e descidas ligando trilhos através de florestas infinitas que nos sorrir.

Joberg2cA Joberg2c também é única em seu trabalho social, todo o refresco, almoço e jantar, bem como outros serviços são “contratados” para escolas locais e todos os dias os diretores dessas escolas nos lembram no briefing que esta corrida. É a sua fonte máxima de rendimento ao longo do ano e como o ajuda a criar centros desportivos, etc. As crianças das escolas estão até encarregadas de te pegar a bicicleta na linha de meta, a lavá-la e deixá-la no Bike Park, e uma das coisas mais lindas é ver a satisfação com que a fazem.

Joberg2cA corrida também é muito focada na possibilidade de viajar em família e oferece pacotes para acompanhantes, embora estes não participem da corrida e isso os leva a fazer turismo enquanto participamos das etapas.

Joberg2cEmbora a inscrição não seja muito barata, devo mencionar que é um registro “tudo incluído” com todos os alimentos e bebidas, bem como refrescos, café expresso.

Joberg2cChá, café e doces aberto 24 horas, bebidas grátis nas barracas de recuperação, (água, refrigerantes, cervejas), lavagem de bicicleta, 2 serviços de lavanderia, bateria portátil que deixamos de manhã e pegamos quando chegamos da etapa para carregar os dispositivos, como extras só o serviço de mecânica e massagens.

Joberg2cUm teste muito completo, uma viagem perfeita por um país incrível como a África do Sul, em que há competição, mas também muito espírito de superação e o que poderíamos chamar de ciclismo organizado, embora com isso ninguém pense que é um teste fácil.

Joberg2cA opinião de Matthys Beukes da a Joberg2c (vencedor várias vezes de etapas do Cape Epic e vencedor do estágio da rainha do Cape Epic em 2019):

“A Joberg2c é uma corrida que eu amo e com isso termino minha terceira participação, não é tanto sobre a competição pura quanto sobre a viagem que o leva a atravessar este belo país com suas pessoas maravilhosas.”

Joberg2c“Eu tiro o chapéu para os organizadores que conseguiram fazer tudo funcionar perfeitamente durante a rota de 900 kms. A rota é espetacular, a comida e os acampamentos são os melhores do mundo.”

Joberg2c“Eu adoraria participar novamente no futuro e recomendo que qualquer um com uma paixão pelo MTB.” – Matthys Beukes.

Joberg2cNúmeros da Joberg2c 2019:

  • 800 corredores
  • 26 nacionalidades diferentes
  • Segundo país com mais corredores depois da África do Sul : Bélgica com mais de 30
  • 900 km (apenas 20 alcatrão)
  • 9 etapas
  • 1400 estrecostos servidos no jantar no dia 1 (Uma marca de carne é patrocinadora)
  • Tempo do mais rápido para fazer as 9 etapas: 30 horas e 33 minutos
  • O tempo do último corredor para concluir o teste completo: 69 horas e 39 minutos

Joberg2cA opinião de José Teixeira acerca da a Joberg2c (Atleta Maratonas Btt de Longa Distância):

Joberg2c“África do Sul Joberg2c – 2019, a maior maratona de btt de África está concluída. Foram 900km divididos por 9 etapas, em que atravessei 4 províncias e mais de 250 quintas, com trilhos fantásticos carregados de singles tracks tanto a subir como a descer.”

Joberg2c“Durante toda a prova, apenas circulamos 20 km em estrada de alcatrão. Já nos dizia a organização que o mais importante durante esta “stages race”, o mais importante é o que se experiência ao longo dos dias, e assim foi.”

Joberg2c“As comunidades locais por onde passámos, foram o nosso principal suporte no final das etapas. Criaram enormes acampamentos com tudo o necessitávamos para nos suportar em todos os níveis, sendo essa convivência muito saudável importante para a nossa recuperação.”

Joberg2c“Um dia normal durante a Joberg2c, começa ás 5h da manhã, ainda de noite, com uma alvorada carregada de sons, que vão desde o caqueraquejar das galinhas, o rugir de leões, ou música Thunder Strack da banda australiana – AC/DC. Após o pequeno almoço, arruma-se o saco, entrega-se à organização para o transportar até ao próximo acampamento onde finalizará a etapa, e segue-se para a linha de partida, que acontece quando o sol toca a savana africana, por volta das 7h.”

Joberg2c“Durante as etapas, percorremos quintas particulares/privadas e não só, bem no coração selvagem da África do Sul. É normal ver bastantes animais em manada, como por exemplo antílopes….embora hajam outros, como cobras, etc, etc. A cultura do single track é evidente, há muitos, e muito bem planeados, aliás foi o pão nosso de cada dia. Os estradões que existem são só para ligações entre singles.”

Joberg2c“Se pensarem participar nesta aventura, é melhor levar Bike de suspensão total, garanto que se torna muito mais cómodo. Eu fui de hard-tail, outros também o fizeram, mas o corpo é que paga, e ao fim de 900km a moça é grande.”

Joberg2c

“Em suma, é uma grande prova de btt por etapas, das mais bem organizadas que já participei até agora. Praticamente nada é esquecido, suportando os atletas, de forma a que dificilmente esqueçam o grande momento que viveram. A simpatia do povo sul-africano é evidente, contribuindo fortemente para o sucesso do Joberg2c.”

Joberg2c“A alimentação, sua qualidade, e quantidade é outro ponto muito forte, acho que mesmo com o desgaste até vim mais “gordinho”. Recomendo vivamente.” – José Teixeira Atleta Maratonas BTT de Longa Distância

Joberg2cMais info em www.joberg2c.co.za.

Deixar uma resposta