PUB bikeinn_cod_728x90_por

Raquel Queirós foi hoje a melhor portuguesa na prova da Taça do Mundo de XCO, disputada em Nové Město na Moravě, República Checa, conseguindo o 19.º lugar na corrida de sub-23 femininas.

Raquel Queirós 19.ª na Taça do Mundo de XCO em Nové Město na MoravěA corredora da Seleção Nacional partiu da posição 17 e fez uma corrida equilibrada, sempre dentro das vinte melhores da competição. Raquel Queirós acabou no 19.º lugar, melhorando duas posições relativamente à prova da semana passada, em Albstadt, Alemanha.

PUB

A ciclista portuguesa gastou hoje mais 6m53s do que a austríaca Mona Mitterwallner, que venceu um apertado duelo com a dinamarquesa Caroline Bohé, que gastou mais 2 segundos. A terceira foi a húngara Kata Blanka Vas, a 1m17s.

Ana Santos também correu a prova de sub-23, embora em representação da equipa e não da Seleção. Num percurso endurecido pela lama, o que não se adequa às caraterísticas da corredora, Ana Santos recuperou alguns lugares face à posição de partida, defendendo uma posição no top 40. Fechou no 40.º posto, a 12m00s da vencedora.

Em paralelo com a Taça do Mundo, a pista checa acolheu hoje provas do circuito UCI Junior Series. A Seleção Nacional esteve representada por João Cruz, que foi o 41.º, a 5m50s do vencedor, o suíço Finn Treudler. João Cruz teve um início de prova atribulado, ficando preso devido a uma queda dos corredores que estavam imediatamente à frente. Atrasando-se na fase mais precoce da prova, fez uma corrida em progressão.

Tomás Frazão competiu pela equipa e também não teve uma participação isenta de percalços, sofrendo uma avaria. Foi o 126.º, já fora da volta do vencedor.

Na corrida de juniores femininas, Mariana Líbano ficou sensivelmente a meio da tabela, no 33.º posto, a 11m34s da vencedora, a helvética Lea Huber.

PUB