O colombiano Nairo Quintana (Arkéa Samsic) sugeriu que se realizem algumas provas de ciclismo este ano, para “assegurar a sobrevivência” financeira da modalidade e evitar maiores prejuízos para equipas e desportistas, face à pandemia de covid-19.

Quintana-sugere-corridas-para-assegurar-a-sobrevivência-do-ciclismo“Obviamente que a prioridade é a saúde de todos, mas, mesmo que seja em horários tardios ou sem público, é preciso que se realizem algumas provas, para garantir a sobrevivência do ciclismo mundial”, afirmou o ciclista da equipa francesa Arkéa Samsic, durante uma conversa com a Federação Colombiana de Ciclismo na rede social Instagram.

Um eventual cancelamento da Volta a França, entretanto adiada para 29 de agosto, seria “extremamente arriscado” para os ciclistas e as equipas, porque “poderiam perder-se patrocinadores”, referiu Quintana, acrescentando: “Seria catastrófico.”

Quintana-sugere-corridas-para-assegurar-a-sobrevivência-do-ciclismoQuintana foi segundo classificado do ‘Tour’ em 2013 e 2015, e terceiro em 2016, edições essas que foram conquistadas pelo grande rival, o britânico Chris Froome, da INEOS.

No decorrer desta conversa, o ex-ciclista da Movistar, de 30 anos, vencedor da Volta a Itália, em 2014, e da Volta a Espanha, em 2016, anunciou que vai leiloar a camisola rosa com que venceu o ‘Giro’ e “arrecadar algum dinheiro para ajudar as pessoas mais necessitadas” a enfrentar a crise mundial de saúde pública, provocada pelo novo coronavírus.