Primeira Pista Olímpica de BMX em Portugal vai nascer em Anadia

1055
A Câmara Municipal de Anadia aprovou hoje o lançamento do concurso para a construção de uma pista olímpica de BMX. A obra, orçada em cerca de 400 mil euros, estará concluída durante o verão.

A infraestrutura será a primeira em Portugal com as dimensões e as especificidades técnicas olímpicas, designadamente uma rampa de lançamento de oito metros de altura, que permite que os pilotos atinjam velocidades superiores a 50 km/h na primeira reta. O equipamento conta ainda com características que permitem a realização de competições internacionais e nacionais.
A nova pista vai ser construída junto ao Velódromo Nacional, sendo mais um equipamento ao serviço do Centro de Alto Rendimento de Anadia, enquadrando-se nas medidas tendentes ao desenvolvimento de todas as vertentes olímpicas do ciclismo.
O BMX em Portugal está tradicionalmente mais enraizado no sul do país, mas a Federação Portuguesa de Ciclismo tenciona alargar o número de pistas a todo o território nacional. Só dessa forma será possível incrementar o número de praticantes e, a partir daí, atingir a excelência desportiva que permita ao BMX português estrear-se nos Jogos Olímpicos.
Tendo em conta estes objetivos e o facto de a nova pista vir enriquecer as valências do Centro de Alto Rendimento de Anadia, a Federação Portuguesa de Ciclismo saúda o lançamento do concurso pela Câmara Municipal de Anadia.
A Federação tem dialogado com diversas autarquias do país, prevendo-se que outras infraestruturas destinadas à prática do BMX arranquem a curto prazo.
O BMX Race tem vindo a crescer exponencialmente em todo o mundo, especialmente desde que passou a integrar o programa dos Jogos Olímpicos, em Pequim, 2008. 
Fonte – Federação Portuguesa de Ciclismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome