O primeiro-ministro, António Costa, felicitou João Almeida (Deceuninck-QuickStep), quarto na geral final do Giro d’Italia, e Ruben Guerreiro (Education First), vencedor da classificação da montanha, destacando o dia histórico e de orgulho para o ciclismo português.

Deceuninck – Quick-Step – ©Tim De Waele / Getty Images

“As minhas felicitações a João Almeida, pelo resultado histórico, e a Ruben Guerreiro, pela conquista da camisola azul. Dia histórico, de orgulho para o ciclismo português”, escreveu na sua conta na rede social Twitter.

PUB

Segundo António Costa, foi com “grande emoção” que acompanhou a dupla portuguesa no Giro, prova na qual Almeida liderou durante 15 dias a geral, acabando no quarto posto, e Guerreiro conseguiu vencer uma das principais classificações, a da montanha, um feito inédito para o ciclismo português, além de triunfar na nona de 21 etapas.

Photo Credits: LaPresse

A 103.ª edição do Giro d’Italia terminou, com a vitória do britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS), após a conclusão do contrarrelógio individual da 21.ª etapa, em Milão.