O Santos Tour Down Under, primeira prova UCI de 2020 a realizar no estado de South Australia, mais concretamente na região da sua capital, Adelaide.

A questão que se levanta, nesta altura, é o impacto que poderão ter os severos fogos florestais que têm assolado o continente australiano na corrida, que brevemente terá o seu inicio.

O Santos Tour Down Under realiza-se em torno de Adelaide, capital do estado, no entanto, as áreas mais afetadas pelos incêndios estão essencialmente localizadas nos estados vizinhos de New South Wales e Victoria, porém o sul da Austrália não escapou totalmente ileso.

O incêndio de Cudlee Creek destruiu mais de 80 residências na região de Adelaide Hills, nos arredores da cidade. Os incêndios destruíram também um terço das vinhas usadas na importante indústria vinícola da região.

Estão a ser feitos os maiores esforços para garantir que várias etapas da corrida estejam perfeitamente seguras para os ciclistas, das provas feminina e masculina e incentivam-se espectadores a estar presentes nas etapas de maior incidência dos incêndios florestais.

A corrida irá promover o bem-estar da comunidade

A realização da corrida é uma forma de promover o bem estar da população após o que se pode considerar uma catástrofe. Este incêndio teve como principais consequências a destruição de centenas de lares e uma morte a lamentar, para além de vários feridos.

O objetivo dos responsáveis do município será chamar o maior número de adeptos à estrada, de forma a espalhar o máximo de cor numa zona que agora se encontra cinzenta. A vinda de muitos adeptos será também fundamental para revigorar o turismo na região, ajudando a recuperar o comércio local.

Solidariedade do pelotão

Dentro do pelotão são várias as mensagens de solidariedade partilhadas, tantos nas redes sociais, como nas várias páginas de internet relativas ao evento.

Peter Sagan – duas vitórias em etapas no Santos Tour Down Under e ex-vencedor da Schwalbe Classic – Apesar do seu calendário ser ligeiramente diferente das última épocas, não participando nesta emblemática corrida, fez questão de estender a sua simpatia e solidariedade aos australianos afetados pelos incêndios florestais, no que foi um forte sinal de apoio de um dos maiores nomes do ciclismo profissional.

O tricampeão do mundo eslovaco afirmou o seu amor por Adelaide e pelo estado da Austrália do Sul num post no Facebook.

Para o final

Com condições muito quentes e secas persistentes, e ventos fortes e tempestades são esperados, outros incêndios continuam sendo um risco.

O Tour Down Under 2020 começa na terça-feira, 21 de janeiro, com os corredores a competirem em seis etapas, culminando no domingo 26 de janeiro com o fim da cúpula em Willunga Hill.

Richie Porte (Trek-Segafredo) venceu em Willunga Hill no ano passado, mas foi derrotada na classificação geral por Daryl Impey (Mitchelton-Scott) por 13 segundos, com Wout Poels (Bahrain McLaren) em terceiro.