Mundial de Orientação BTT: Distância Média com “dobradinha” da Rússia

189

Anton Foliforov1Com vitórias de Anton Foliforov e Olga Shipilova Vinogradova na final de Distância Média, a Russia foi a grande vencedora do segundo dia do Campeonato do Mundo de Orientação em BTT que decorre na região da Bairrada. Nos escalões mais jovens, destaque para a França que alcançou igualmente duas medalhas de ouro.

Portugal conquista Diploma no Europeu de Jovens através de Marisa Costa

Vojtech LudvikPara Vojtech Ludvik, a final de Distância Média dos Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT WMTBOC 2016, disputada esta manhã em Valongo do Vouga, dificilmente será apagada da sua memória. O Checo foi o primeiro a partir e, também, o primeiro a chegar; e desde logo com um tempo que viria a revelar-se excecional, cifrando-se em 47:18 para uma distância de 19,3 km. A verdade é que foram precisos nervos de aço para suportar a pressão de manter a liderança praticamente até ao final, apenas desfeiteado pelo Russo Anton Foliforov, o penúltimo a partir, e que no final registaria um tempo superior em 43 segundos. Na terceira posição classificou-se outro Russo, Ruslan Gritsan, com mais 47 segundos que o seu colega de equipa. Com este resultado, Foliforov revalidou o título mundial de Distância Média, alcançando a sua segunda medalha de ouro nestes Campeonatos do Mundo depois de ter dominado a final de Sprint que abriu a competição na passada segunda feira.

Olga Shipilova VinogradovaNa Elite feminina, a Russa Olga Shipilova Vinogradova foi a grande vencedora com o tempo de 44:02 para um percurso de 14,5 km, confirmando que a paragem de dois anos a que se obrigou em nada afetaram a sua enorme qualidade. Segunda classificada, a Britânica Emily Benham, atual líder da Taça do Mundo, terminou a sua prova com mais três segundos que Vinogradova depois de, algo ironicamente, se ter sagrado na última segunda-feira Campeã do Mundo de Sprint pela diferença de dois segundos ante a finlandesa Marika Hara. O terceiro lugar coube à dinamarquesa Camilla Soegaard, conquistando a sua segunda medalha de bronze individual em Campeonatos do Mundo, depois de Itália, em 2014, então na Distância Longa. Anterior Campeã do Mundo, a Francesa Gaëlle Barlet foi a 5ª classificada, a 1:31 da vencedora.

Marisa Costa alcança 6º lugar

Mia RaichonEntre os mais jovens, o destaque vai desta feita para a França, com vitórias de Samson Deriaz no Mundial de Juniores e de Mia Raichon no Europeu de Jovens. Deriaz contou com a forte oposição do Finlandês Sauli Pietikainen, vencendo pela margem de 3 segundos. Raichon, por seu lado, alcançou uma vitória folgada de quase dois minutos ante a Checa Vilma Kralova. No escalão de Juniores femininos, a Checa Veronika Kubinova voltou a passear a sua classe, repetindo o ouro da passada segunda-feira e conseguindo o seu quinto título mundial Junior nas três últimas edições dos respetivos Campeonatos do Mundo. Finalmente, o novo Campeão Europeu de Jovens é dinamarquês e dá pelo nome de Thomas Steinthal, depois de ter batido o Campeão da Europa de Sprint, o Checo Jan Hasek, por escassos três segundos.

Os portugueses tiveram, no geral, um dia bem mais positivo que o da jornada inaugural, com o destaque a ir por inteiro para Marisa Costa, 6ª classificada no Europeu de Jovens. Na mesma competição, mas no setor masculino, Duarte Lourenço esteve igualmente em plano de evidência, concluindo no 8º lugar. Quanto ao Mundial de Juniores, Diogo Barradas, no 19º lugar, e Ana Margarida Rocha, na 22ª posição, foram os nossos melhores representantes. Finalmente, nos escalões de Elite, Davide Machado voltou a ser o melhor português, sendo o 25º classificado a 6:07 de Foliforov. Daniel Marques, na 27ª posição e João Ferreira, no 30º posto, ocuparam igualmente lugares na primeira metade da classifcação final. Nas senhoras, a melhor portuguesa foi Ana Filipa Silva, concluindo no 39º lugar.

Resultados

HElite

1. Anton Foliforov (Russia) 46:35 (+ 00:00)

2. Vojtech Ludvik (Republica Checa) 47:18 (+ 00:43)

3. Ruslan Gritsan (Russia) 47:22 (+ 00:47)

4. Cédric Beill (França) 47:56 (+ 01:21)

5. Lauri Malsroos (Estonia) 48:28 (+ 01:53)

6. Vojtech Stransky (República Checa) 49:01 (+ 02:26)

DElite

1. Olga Shipilova Vinogradova (Russia) 44:02 (+ 00:00)

2. Emily Benham (Great Britain) 44:05 (+ 00:03)

3. Camilla Soegaard (Denmark) 44:43 (+ 00:41)

4. Svetlana Poverina (Russia) 44:51 (+ 00:49)

5. Gaëlle Barlet (França) 45:33 (+ 01:31)

6. Martina Tichovska (República Checa) 45:50 (+ 01:48)

M20

1. Samson Deriaz (França) 40:43 (+ 00:00)

2. Sauli Pietikainen (Finlandia) 40:46 (+ 00:03)

3. Nojus Kalvaitis (Lituânia) 41:00 (+ 00:17)

W20

1. Veronika Kubinova (Republica Checa) 37:10 (+ 00:00)

2. Alena Fedoseeva (Russia) 39:47 (+ 02:37)

3. Doris Kudre (Estónia) 40:30 (+ 03:20)

M17

1. Thomas Steinthal (Dinamarca) 33:03 (+ 00:00)

2. Jan Hasek (República Checa) 33:08 (+ 00:05)

3. Teemu Kaksonen (Finlândia) 34:06 (+ 01:03)

W17

1. Mia Raichon (França) 33:06 (+ 00:00)

2. Vilma Kralova (República Checa) 34:55 (+ 01:49)

3. Marina Oparina (Russia) 35:39 (+ 02:33)

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome