A Muc-Off anunciou o seu recente projeto de pesquisa no Reino Unido sobre lubrificação de bicicletas, financiado pelo programa “Analysis for Innovators” (A4I), co-financiado pela agência de inovação do Reino Unido – Innovate UK.

Muc-Off colabora com os principais laboratórios do Reino Unido num projeto de pesquisa financiado pelo governo sobre lubrificação de bicicletas A pesquisa foi realizada pela equipa interna de investigação e desenvolvimento da Muc-Off em parceria com dois dos principais laboratórios do Reino Unido: National Physical Laboratory (NPL) e National Measurement Laboratory (NML) na LGC.

O projeto foi financiado pela Innovate UK, que é um órgão público que tem como objetivo principal a produtividade e o crescimento económico, dando apoio as empresas britânicas no desenvolvimento de novas ideias.

A pesquisa tem como meta principal a criação de um processo rápido de medição e análise, de produção simples, de modo a determinar e atribuir uma pontuação ao desempenho e durabilidade do lubrificante. Pretende ao mesmo tempo, avaliar o impacto ambiental dos diferentes lubrificantes.

Muc-Off colabora com os principais laboratórios do Reino Unido num projeto de pesquisa financiado pelo governo sobre lubrificação de bicicletas “A Muc-Off esforça-se por eliminar o “mito” da lubrificação da corrente da bicicleta, através da utilização de dados científicos baseados em resultados. Este projeto de pesquisa permitiu-nos uma melhor e mais transparente compreensão do desempenho e do desenvolvimento mais acelerado de produtos com menos iterações, o que acabará por levar a ganhos no desempenho mais direcionados ao consumidor final.” – Alex Trimnell, CEO da Muc-Off.

A empresa dispõe de um Dinamômetro de Otimização de Lubrificante de corrente, que fornece dados quantificáveis, ​​com base em testes reais e pode ser usado em câmaras de controlo ambiental. Este dinamômetro foi usado para o desenvolvimento da corrente NTOC, usada por Bradley Wiggins no Record da Hora, bem como o Lubrificante Hidrodinâmico mais vendido de sempre, com várias vitórias em World Tour e várias medalhas olímpicas conquistadas.

Este equipamento oferece à Muc-Off uma vantagem sobre a maioria dos concorrentes, que não dispõem destes recursos de medição de desempenho e pode ser usado na melhoria e afinação das fórmulas dos lubrificantes.

“O desenvolvimento de lubrificantes para corrente é um processo demorado e iterativo que implica grande utilização de tecnologia química e de aditivos, sendo adquirida por parte de outras indústrias e com base na experiência. Isto é algo que nós pretendemos mudar.” – Dr. Martin Mathias, Gestor de Investigação e Desenvolvimento da Muc-Off

A NML foi capaz de aprofundar as pesquisas e descobrir especificamente qual a combinação e quais as quantidades de componentes químicos que produzem os melhores lubrificantes e que têm maior durabilidade, ​devido ao uso de testes personalizados de espectrometria de massa, combinada com cromatografia gasosa e análise direta (ASAP).

O laboratório de tribologia da NPL usou equipamentos de alta precisão para medir os efeitos de várias fórmulas no atrito entre os componentes da transmissão, especificamente a interface entre o pino e as placas laterais da corrente. A equipa que trabalha neste projeto recorreu ao uso de cálculos matemáticos para estabelecer uma fórmula para calcular cargas precisas, velocidades e pressões de contato específicos do ciclismo.

“Este projeto de pesquisa com a Muc-Off permitiu à NPL desenvolver competências para estabelecer um nível de teste padrão para futuras análises no desenvolvimento de lubrificantes para bicicletas.” – Dr. Timothy Kamps MEng CEng MIMechE, Cientista Investigador do Departamento de Caracterização Avançada de Materiais no Laboratório Físico Nacional (NPL).

Os resultados, as conclusões deste projeto de pesquisa e os recentes testes da Muc-Off serão publicados ainda este ano.