Um ciclista no Top 10 da Classificação Geral, terceira melhor equipa em prova e vários lugares de destaque ao longo das cinco etapas, com os corredores António Barbio, Francisco Campos e Jorge Magalhães.

Este é o balanço final da participação da equipa Continental UCI Miranda-Mortágua no 39.º Grande Prémio ABIMOTA / Altice, que terminou ontem, dia 17, após cinco dias de prova com início em Lisboa na última quarta-feira, 13 de junho, Dia de Santo António. Resultados muito animadores e que refletem a boa condição física da equipa, bem como o espírito de união e a motivação com que todos encararam a prova, ao atacar a competição do início ao fim.

António Barbio mostrou o bom estado de forma de que goza e concluiu o 39.º Grande Prémio ABIMOTA / Altice na 6.ª posição da Classificação Geral, a 41 segundos do Camisola Amarela, o espanhol Oscar Pelegrí (Rádio Popular-Boavista). Já Francisco Campos, no final da quarta etapa, com chegada a Mortágua, esteve às portas da vitória em casa, ao passar a linha da meta em segundo lugar, sendo o primeiro corredor do pelotão, numa tirada que ficou marcada pela vitória coletiva.

Foi a Miranda-Mortágua que ficou em primeiro lugar nesta jornada. Já Jorge Magalhães, na etapa do dia anterior, que funcionou em Circuito em Belmonte, integrou uma fuga desde início que viria a vingar, terminando a tirada com uma excelente 7.ª posição.

O diretor desportivo da Miranda-Mortágua, Pedro Silva, referiu que foi “uma corrida em que estivemos à altura do que nos tínhamos proposto. Só faltou uma vitória de etapa, que não aconteceu por pouco”. O dirigente aproveita também para fazer um balanço “muito positivo por toda a equipa, que esteve sempre nos 10 primeiros lugares em todas as etapas. Estivemos sempre à altura e mostrámos como a equipa está bem preparada, quer física como psicologicamente”.

No dia em que o 39.º Grande Prémio ABIMOTA / Altice foi para a estrada, com a primeira etapa em Lisboa, em Dia de Santo António, com um Contrarrelógio por Equipas, a Miranda-Mortágua concluiu este exercício coletivo em 6.º lugar. Começou, assim, da melhor forma a prova e com Jorge Magalhães a ser o primeiro corredor da equipa a cortar a linha da meta, vestindo, no final, a camisola Bolinhas Miranda Bike Parts. Um bom início de ABIMOTA / Altice, que se manteve nos restantes quatro dias.

Seguem-se agora os Campeonatos Nacionais, próximo desafio da equipa, a disputar já este fim-de-semana, em Belmonte, entre os dias 22 e 24 de junho.

CLASSIFICAÇÕES:

CLASSIFICAÇÃO GERAL:
1.º – Oscar Pelegri (RP-Boavista) 13h57m12s
6.º – António Barbio (Miranda-Mortágua) a 41s
15.º – Francisco Campos (Miranda-Mortágua) a 5m33s
20.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 10m41s
24.º – Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 14m45s
29.º – Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 17m18s
48.º – Damien Cordeiro (Miranda-Mortágua) a 26m51s

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS:
1.º – Sporting/Tavira 41h40m35s
3.º – Miranda-Mortágua a 5m19s

GERAL JUVENTUDE:
2.º – Francisco Campos (Miranda-Mortágua)
3.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua)
4.º – Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua)

Deixar uma resposta