A equipa Continental UCI Miranda-Mortágua vai estar entre os dias 22 e 24 de junho, de sexta-feira a domingo, em Belmonte, para disputar o Campeonato Nacional de Estrada para Elite e Sub-23.

Revalidar o título de Sub-23, que esteve em 2017 com Francisco Campos e lutar por uma medalha no contrarrelógio são dois dos principais objetivos da equipa comandada por Pedro Silva.

“Vamos disputar os Nacionais com o mesmo propósito de sempre: lutar pelo melhor”, afirmou o diretor desportivo da Miranda-Mortágua. “É nossa intenção revalidar o título de Sub-23 e porque não lutar por uma medalha com Jorge Magalhães no contrarrelógio, como com o António Barbio nos Elites”. Pedro Silva, embora conte apenas com dois corredores Elite na equipa, está confiante: “Penso que o bom estado de forma do Barbio e o bom momento atravessado pelo Nuno Meireles poderão levar a que ambos façam uma corrida interessante”, explicou.

O Campeonato Nacional de Estrada de Elite e Sub-23 inicia às 11 horas de sexta-feira, com as provas de contrarrelógio individual. Depois das Elites femininas prosseguem os Sub-23 masculinos, onde a Miranda-Mortágua vai estar representada por dois corredores: Jorge Magalhães e Pedro Teixeira, que enfrentam um exercício de 24,1 km. Vão seguir-se os corredores de Elite, para um contrarrelógio com 33,7 km. A Miranda-Mortágua participa com António Barbio. Cerca das 13 horas devem ser conhecidos os novos campeões nacionais de contrarrelógio individual.

Já as provas de fundo começam de novo com as femininas, todas as categorias, às 11 horas de sábado. Quanto aos masculinos, é partir das 15 horas que os Sub-23 entram em ação para disputar o título nacional de fundo. Serão percorridos 76 km para só depois entrarem no circuito de Belmonte, ficando a prova concluída após a quarta passagem pela linha da meta, depois de serem contabilizados 160,4 km.

Da Miranda-Mortágua alinham sete corredores para a prova de fundo Sub-23. São eles Gonçalo Carvalho, Francisco Campos, Hugo Nunes, Jorge Magalhães, José Sousa, Pedro Teixeira e Tiago Leal.

No domingo, dia 24 de junho, chega a tão aguardada corrida de fundo para Elite, onde a equipa de Mortágua se representa por António Barbio e Nuno Meireles.

A prova arranca às 11 horas para que os melhores corredores nacionais percorram 181,8 km, que ficam concluídos à quinta passagem pela meta, no circuito de Belmonte, no qual só entram após pedalarem os 76 km iniciais, à semelhança do que acontece no dia anterior com os Sub-23.

Espera-se um percurso de sobe e desce mas não muito exigente, sendo os últimos metros do circuito sempre em subida, o que pode contar para fazer a diferença na decisão final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome