Miranda Factory Team no topo da geral após segunda etapa da Taça de Portugal de DHI

42

A Miranda Factory Team mantém a liderança por equipas na Taça de Portugal de Downhill (DHI), após vencer este fim-de-semana a segunda prova da competição em São Brás de Alportel.

Da mesma forma, os três pilotos que constituem a equipa, criada pela Miranda&irmão, triunfaram no sul ao conquistar o primeiro lugar do pódio: Vasco Bica, na categoria de Elite, Tiago Ladeira em Júnior e Gonçalo Bandeira em Cadete.

São Brás de Alportel foi, entre os dias 16 e 18 de março, a capital do DHI ao receber a segunda prova da Taça de Portugal, corrida de classe 1 UCI e uma das mais importantes competições da modalidade.

A vitória em Elite foi atribuída a Vasco Bica, que completou a prova em 2’30’’594, menos 3,174 segundos do que Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo) e menos 3,927 do que Francisco Pardal, que o acompanharam no pódio. Já Tiago Ladeira foi o mais rápido dos Juniores, com 2’37’’090.

Por seu turno Gonçalo Bandeira, na categoria de Cadetes, voltou a ser o mais veloz na manga de qualificação, com 2’40’’165, desta vez na pista do Arimbo, com a Serra do Caldeirão como cenário de fundo.

Para Vasco Bica “foi uma prova bastante dura. A pista do Arimbo é das pistas mais físicas do circuito e para pior, os ventos estiveram sempre muito fortes, o que nos dificultou bastante o trabalho”, explicou. Ainda assim, continuou, “tudo vale a pena quando atingimos os nossos objetivos e nesta prova atingimos a perfeição com três vitórias, o que demonstra o trabalho que tem sido feito pela nossa parte e pela Miranda Factory Team”, referiu o piloto, ainda emocionado com a excelente prestação de todos.

O Júnior Tiago Ladeira também estava radiante: “Estou super feliz pelo meu primeiro lugar na segunda etapa da Taça de Portugal! Apesar das condições adversas com que treinamos no dia da prova o tempo melhorou, o que fez com que pudéssemos dar tudo e ter uma boa prestação”. E foi isso mesmo que aconteceu, porque “apesar da pista ser muito física, envolvendo muito pedal, conseguimos ganhar os três, o que é muito bom para a equipa e nos garantiu manter no topo da classificação”.

Já o Cadete Gonçalo Bandeira, mais jovem do trio, no final da prova disse que este “foi um fim-de-semana difícil, com muita chuva nos treinos de sábado. Já no domingo o sol brilhou e o terreno secou, mas a pista era dura e não fiz uma descida perfeita, apesar de ter ganho a classe”. Para o próximo fim-de-semana, “tenho a terceira etapa em ‘casa’, na Lousã, onde quero ganhar a minha categoria e fazer um bom lugar na geral! E, claro, dar o meu contributo para a Miranda Factory Team, para mais uma vitória coletiva!”, concluiu o piloto.

De facto, no próximo domingo, dia 25 de março, a Taça de Portugal de DHI prossegue na Lousã, competição que vai servir como preparação para o Campeonato da Europa, que vai realizar-se na mesma pista, mas entre 6 e 8 de abril.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome