Mikel Landa (Bahrain Victorious) recebeu hoje alta do Hospital de Riccione, onde ficou em observação após uma queda que o levou a abandonar o Giro d’Italia, para regressar a Espanha para ser operado.

Mikel Landa Tem Alta Hospitalar E Regressa A Casa Para Ser Operado
@Cauldphoto @Team Bahrain Victorious

O médico Daniele Zaccaria explicou que Landa, que liderava a Bahrain antes de ter sofrido uma queda violenta na quinta etapa, na quarta-feira, fez novos exames que voltaram negativos, pelo que embarcou num voo de regresso a casa.

PUB

Na quarta-feira à noite, a equipa deu conta de uma fratura na clavícula esquerda e de várias costelas, e é à primeira das fraturas que será operado, após um voo privado de Rimini para Vitoria, na região do País Basco.

Através das redes sociais, o espanhol disse ainda esperar conseguir devolver “tanto afeto” que foi recebendo desde quarta-feira, elogiando ainda a equipa pelo “trato humano” que lhe demonstraram, escrevendo, em ‘euskera’, um “obrigado de coração”.

O basco, um dos ciclistas de ‘culto’ do pelotão atual, que foi terceiro no Giro em 2015 e quarto em 2019, será operado em Madrid e, “depois da cirurgia, começará todo o tratamento necessário para uma rápida e segura recuperação”, garantiu Zaccaria.

Na quarta-feira, além de Mikel Landa, um dos grandes favoritos à vitória final, também o russo Pavel Sivakov (INEOS), outro dos nomes fortes desta Volta a Itália, desistiu na sequência de uma das quedas na aproximação a Cattolica.

Esta manhã, foi a vez de o líder da montanha, o norte-americano Joe Dombrowski (UAE Emirates), que caiu com Landa, abandonar, após ser-lhe detetada uma concussão cerebral.

Deixar uma resposta