Miguel Salgueiro foi o brilhante vencedor da mítica Subida à Glória e protagonizou uma curiosa história de amor que marcou a noite deste sábado no Bairro Alto de Lisboa.

Perante uma numerosa e entusiasmada moldura humana que preencheu a Calçada da Glória no coração da capital, o atleta da Sicasal-Constantinos-Delta Cafés percorreu o íngreme percurso de 265 metros em apenas 37,4 segundos e foi consagrado o novo “torpedo” da centenária prova, considerada a mais curta competição de ciclismo do mundo.

“É uma subida duríssima, é arrancar à morte e dar tudo o que temos. Sou bastante explosivo mas também tenho resistência e isso ajudou-me a fazer a subida sempre em alta rotação” referiu o atleta após o êxito.

Iúri Leitão também participou em representação da formação de Torres Vedras. O atleta veio de Viana do Castelo para alcançar a terceira posição e dar ainda mais colorido à grande festa azul e vermelha que preencheu o pódio Lisboeta.

Para a história da competição ficará eternamente registado o momento em que a par de Miguel Salgueiro sobe ao pódio Marta Branco. A vencedora da categoria feminina é precisamente a namorada do atleta de Odivelas e o momento foi vivido com muita alegria e emoção, onde não faltou o beijo a selar a paixão e a vitória.

Juniores, Femininas e Escolas vencem em Alenquer

O júnior André Silva foi grande vencedor do Circuito das Vindimas em Alenquer. Na prova realizada este domingo o atleta da Academia Joaquim Agostinho foi o mais rápido no sprint final após uma fuga bem sucedida e terminou a época com uma vitória na sua terra.

Juntando o 5º lugar de Guilherme Valverde e o 7º de Carlos Rodrigues, a equipa torriense alcançou a vitória coletiva na Vila que é a par de Torres Vedras, capital europeia do vinho.

Em femininas, e apesar dum inicio de prova um pouco azarado pela queda da Inês Pereira e abandono por lesão da Beatriz Ferreira, a Academia saiu da “Vila Presépio” duplamente vitoriosa. Pauline Vie foi a vencedora absoluta da prova e ainda levou para casa o prémio de melhor sub-23, enquanto Ana Teresa triunfou em elites.

Simultaneamente realizou-se mais um encontro de classes de aprendizagem onde a Escola Joaquim Agostinho UDO esteve uma vez mais numerosamente representada. O pupilo Gustavo Rodrigues, o benjamim Alexandre Rocha e o iniciado Francisco Massa subiram ao mais alto lugar do pódio das suas categorias, enquanto Afonso Silva alcançou a 13ª posição em infantis.

Nos juvenis, Daniel Jorge terminou a prova num honroso 4º lugar e Mário Hipólito foi o 12º a cortar a meta.

Na classificação por equipas, a Escola de Torres Vedras subiu ao 2º lugar do pódio.

Deixar uma resposta