Michael Goolaerts teve ataque cardíaco durante Paris-Roubaix

357

O ciclista belga Michael Goolaerts, que no domingo morreu durante a prova Paris-Roubaix, em França, sofreu um ataque cardíaco que causou a queda, revelou a autópsia requisitada pelo Ministério Público.

“A autópsia confirmou a hipótese mais provável, uma morte relacionada com um ataque cardíaco, e não relacionada com a queda”, revelou à agência noticiosa francesa AFP o procurador da região de Cambrai, Rémy Schwartz.

A autópsia revelou que a queda aconteceu depois de o coração ter parado, mas serão ainda realizadas várias análises ao corpo do ciclista belga, de tipologia toxicológica e anatómica, para determinar “a origem do ataque cardíaco”.

Goolaerts, de 23 anos, caiu numa das secções de ‘pavé’ do percurso de 257 quilómetros da prova conhecida como o ‘inferno do norte’, na qual se estreava ao serviço da equipa Vérandas Willems-Crélan.

O corredor belga foi encontrado inconsciente e em paragem cardiorrespiratória, segundo os bombeiros que lhe prestaram auxílio, e acabou por morrer ao início da noite num hospital de Lille para onde foi transportado de helicóptero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome