Foram mais de uma centena as crianças que participaram na primeira ação do ano da campanha de prevenção rodoviária da EFAPEL – Escola de Ciclismo de Ovar, “Estrada para Todos”.

Uma atividade de educação rodoviária, que visitou o Colégio de Lamas, em Santa Maria da Feira, no âmbito do 50.º aniversário desta instituição.

Presentes estiveram também a ex-atleta olímpica Aurora Cunha e Jóni Brandão, corredor da Equipa Profissional de Ciclismo da EFAPEL, que transmitiram as suas experiências a estas crianças.

Inicialmente estava previsto a ação ser direcionada apenas ao Pré-Escolar e Ensino Básico do Colégio de Lamas, um universo de 80 crianças de cinco turmas, que acabaria por crescer ao longo do dia pelo interesse manifestado pelo 2.º Ciclo. Foi dos alunos do 5.º e 6.º anos que partiu o pedido aos professores para também participarem e poderem circular de bicicleta na pista que foi montada para o efeito e previamente preparada com o apoio das crianças, que com a ajuda dos pais construíram em casa sinais de trânsito.

No final e feitas as contas, foram mais de uma centena as crianças envolvidas nesta iniciativa, que teve a organização conjunta da Equipa Profissional e da Escola de Ciclismo da EFAPEL, em coordenação com a Escola de Educação Rodoviária.

De acordo com a professora Liliana Cunha, esta campanha da EFAPEL toca no ponto chave: “mudar mentalidades. Se ensinarmos as crianças a circular como peões, mais tarde vão usar esses conhecimentos como motociclistas ou motoristas”. E acrescentou: “Foi muito positivo ver as crianças mais novas a contagiar as mais velhas do 2.º Ciclo, que ficaram com muita vontade de se juntar ao evento e experienciar também a pista circulável”.

Já Carina Carvalho, também professora, disse que da boca dos pais ouviu as mesmas três palavras, que repetiu: “Espetacular, brutal e memorável”. Da parte das crianças e segundo a docente do Colégio de Lamas, aquilo que se ouviu foi: “Estamos a gostar muito e adoramos. Além disso houve crianças que me perguntaram se amanhã podiam repetir”.

O grande objetivo da atividade foi mostrar como é possível tornar a utilização das estradas mais agradável e provar que há espaço para todos na rodovia, desde condutores, motociclistas a ciclistas. Pretendeu-se sensibilizar e educar condutores e peões de forma a reduzir-se a sinistralidade que se verifica em Portugal. A começar pelos mais novos e seus encarregados de educação.

Jóni Brandão, também presente durante todo o dia no Colégio de Lamas, enquanto ciclista profissional referiu que é sempre “muito bom desenvolver este tipo de iniciativas, para que as crianças ganhem o gosto pela bicicleta até porque desporto não é apenas futebol”. Recordou que na sua altura, “a bicicleta era um dos meus brinquedos preferidos. E hoje (ontem) foi muito bom ver o entusiasmo das crianças com as duas rodas. Recebi a minha primeira bicicleta ainda pequeno e lembro-me bem que nesse dia andei nela sem parar das 7 horas da manhã até às 18 horas, que foi quando os meus pais chegaram”, contou, sorrindo.

Ao longo do ano de 2019 este trabalho da EFAPEL vai continuar, percorrendo estabelecimentos de ensino e instituições por todo o país, estando previsto desenvolver várias ações com o intuito de divulgar que a convivência entre bicicletas e veículos motorizados é possível.

Deixar uma resposta