O português Luís Costa terminou hoje na nona posição a prova de contrarrelógio da classe H5 da Taça do Mundo de Paraciclismo, que decorre em Baie Comeau, no Canadá.

Luís Costa, que pedala com as mãos, percorreu os 18,9 quilómetros em 34.29,55 minutos, a 3.14,35 de distância do vencedor, o italiano Alessandro Zanardi, antigo piloto de Fórmula 1 que perdeu as duas pernas num acidente.

O paraciclista português admitiu, na sua conta na rede social Facebook, que a prova de hoje, disputada sob chuva, correu mal, e manifestou-se e esperançado num resultado melhor na prova de fundo, agendada para sábado.

“Hoje foi um dia para esquecer. Fiz 9.º lugar no contrarrelógio. Começou mal ao acordar ligeiramente constipado, continuou mal ao chover torrencialmente desde o início da prova, e tornou-se ainda pior quando furei ao completar a primeira das duas voltas ao percurso (nunca me tinha acontecido), o que me fez perder muito tempo para trocar de roda”, escreveu.

Deixar uma resposta