PUB

O venezuelano Leangel Linarez (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados) conquistou hoje a Prova de Abertura-Região de Aveiro, impondo-se ao sprint, ao cabo dos 172,1 quilómetros que ligaram Cortegaça, no concelho de Ovar, a Águeda. Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor) foi o melhor sub-23.

Disputada sob chuva intense e frio, a primeira corrida da Taça de Portugal Jogos Santa Casa ofereceu um emocionante espectáculo aos muitos adeptos que desafiaram a meteorologia para assistir à chegada. Leangel Linarez, mais possante do que a concorrência, arrancou a 100 metros da meta para se impor com autoridade, diante de Tomás Contte (Aviludo-Louletano-Loulé Concelho) e de César Martingil (Rádio Popular-Paredes-Boavista), segundo e terceiro.

PUB

A prova manteve-se indefinida até à subida de Talhadas. António Ferreira (Kelly-Simoldes-UDO) e António Carvalho (Glassdrive-Q8-Anicolor) foram os primeiros fugitivos consolidados. Foram-se juntando mais homens até se formar um grupo de oito unidade à passagem pela montanha, vencida por José Neves (W52-FC Porto).

Após a descida o pelotão aproximou-se vertiginosamente da frente da corrida. Tentando reanimar a fuga, quatro ciclistas destacaram-se do grupo de oito, enquanto os restantes eram absorvidos pelo pelotão. À entrada das duas últimas horas de corrida fixaram-se na dianteira César Fonte (Kelly-Simoldes-UDO), José Neves, Alvaro Trueba e Emanuel Duarte (Atum General-Tavira-AP Maria Nova Hotel).

A diferença do quarteto aproximou-se dos dois minutos, mas o pelotão reagiu nos derradeiros 30 quilómetros, gorando a esperança dos fugitivos e proporcionando uma chegada ao sprint. José Neves ainda tentou em solitário, mas a fuga sucumbiu definitivamente a 11 quilómetros da meta.

Na discussão da vitória, o sprint foi desorganizado por um ataque a 400 metros, mas os homens mais velozes recuperaram posição e foi entre eles que se decidiu o primeiro triunfo da temporada. Leangel Linarez ganhou e dedicou o triunfo ao sempre presente Pedro Silva.

“O sprint foi um pouco confuso. Um homem atacou a 400 metros. Temi não o alcançar, mas tive boas pernas e consegui triunfar. É uma vitória muito especial para mim, a primeira ao serviço da equipa de Mortágua. Dedico-a ao mentor deste projeto, Pedro Silva. É uma pena que não esteja connosco na Terra, mas onde está vê-nos e apoia-nos”, afirmou, emocionado, Leangel Linarez, que se dá bem com a região de Aveiro e com o mau tempo. Em 2019, numa etapa do Grande Prémio Jornal de Notícias, com final em Ovar e disputada sob temporal, o venezuelano impôs-se ao sprint.

Entre os sub-23, o melhor foi Pedro Silva (Glassdrive-Q8-Anicolor), seguido pelo colega de equipa Afonso Eulálio e por Diogo Gonçalves (Santa Maria da Feira/Segmento D’Época/Reol). Por equipas venceu a Glassdrive-Q8-Anicolor. A melhor formação de clube foi a espanhola Bicicletas Rodríguez/Extremadura.

As classificações secundárias foram conquistadas pelos homens que se aventuraram nas fugas. José Neves venceu a montanha, enquanto as metas particulares ficaram por conta de António Carvalho e de César Fonte.

Depois deste aquecimento para a época, o pelotão regressa à estrada na quarta-feira para correr, até dia 20, a Volta ao Algarve.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui