KTM Bike Industries 2018 eBikes

358

Se dúvidas existissem quando ao carácter inovador e líder da KTM Bike Industries, essas dúvidas desapareceriam ao olhar para a história das eBikes: quando introduziu a primeira e-mtb, muitos apelidaram a estratégia de ‘louca’ e sem viabilidade futura. Hoje, quem não tiver e-mtb’s na gama, está fora! Da mesma forma que desenvolveu o quadro épico de XC com a Myroon, que fez o que ninguém fez com uma XCM de suspensão total (Scarp) ao atingir pesos e níveis de rigidez verdadeiramente excecionais, a KTM Bike Industries colocou em 2018 as e-mtb num novo patamar!

Nas bicicletas mais radicais, a KTM Bike Industries estreia o DiMMiX, uma dinâmica existente desde sempre nas motos – dois tamanhos de roda distintos numa bicicleta: roda incisiva à frente (29×2.35) e tração reforçada na roda traseira (27,5’x2.80), mas pela primeira vez nas bicicletas!

A firme abordagem da Bosch eBike Systems ao ciclismo revelou componentes com uma fiabilidade absolutamente distinta e o exímio domínio energético no poderoso impulso à pedalada revelou-se tão surpreendente perante os ciclistas – mesmo aos mais céticos – que progressivamente ganhou espaço no ciclismo e o número de entusiastas cresce de dia para dia quase à mesma velocidade com que a KTM Bike Industries as fabrica! Powertube: ninguém tem dúvidas quanto à liderança tecnológica dos sistemas Bosch, mas se dúvidas existissem quanto à integração estética da bateria, estas foram totalmente ultrapassadas na coleção 2018, com baterias totalmente integradas tornando as e-mtb esteticamente mais ‘limpas’ e semelhantes uma bicicleta convencional.

Em 2018, a gama de ebikes KTM Bike Industries apresenta 70 modelos entre as mais radicais Macina Kapoho de 160mm e as ‘Urban-chic’ Macina Gran. Além disso, os modelos mais acessíveis começam nos competitivos 2269€ com sistema Bosch Active Line 2018 (mais potente que o anterior) e a gama espelha dois níveis de integração de componentes (semi-integrados e integrados) devido ao lançamento recente das novas baterias integradas Bosch Powertube. Um novo segmento a abrir um novo futuro: Macina Flite (mais info nas páginas seguintes)

A própria Bosch eBike Systems faz grandes elogios públicos à KTM Bike Industries pela diversidade de gama.

KTM Macina Kapoho

A linha Macina Kapoho surge em 2018 com duas grandes estreias: primeiro, a integração total da nova bateria Bosch Powertube 500 num quadro cujo design foi atualizado com uma tubagem de alumínio que praticamente reveste a nova bateria e reduz a volumetria do tubo inferior, contribuindo para uma imagem e estética bastante similar às bicicletas tradicionais, reduzindo assim o impacto visual e as ideias pré-concebidas relativamente às ebikes, que felizmente se vão desvanecendo.

Segundo, a nova dinâmica KTM DiMMix com 160mm revela-se apenas perante os olhos dos mais atentos: o perímetro de roda é muito equivalente, mas revela a adoção de uma abordagem à muito comprovada no mundo das motos: rodas com tamanhos diferentes, ie, uma roda maior à frente – 29 polegadas com pneu 2.35 – para máximo domínio e controlo, e uma roda mais pequena atrás – 27,5’ com pneu volumoso 2.80 – para máximo controlo da potência do motor e plena tração mesmo nos pisos mais soltos, a subir ou a descer!

Detentora de um visual atraente e faustoso, as KTM Macina Kapoho revelam um comportamento dinâmico ágil raro nas ebikes pelo equilíbrio de qualidades tanto pela performance energética como pelo comportamento vivo e solto. Tecnicamente, os quadros Macina Kapoho revelam um elevado grau de amadurecimento tecnológico e incorporam além dos mais avançados processos de fabrico as mais recentes soluções do e-MTB KTM Bike Industries: a Gravity Casing (o quadro envolve parcialmente o motor Bosch), tubagem hidroformada, rodas Boost, pinça de travão integrada Postmount, direção taper, resguardo para o amortecedor e… suporte de bidão!

KTM Macina LYCAN

A KTM Macina LYCAN e a KAPOHO são visualmente semelhantes, contudo apresentam-se com abordagens dinamicamente distintas: os 125mm de amortecimento da LYCAN conferem-lhe um carácter mais atlético e a ‘soltura’ das rodas 27,5’ com pneus 2.35 apelam tanto por trilhos divertidos como por percursos mais longos. No terreno, a Macina Lycan assume-se como uma ma bicicleta de All-Mountain divertida e ágil com boa dose de «travessura» contagiante para os trilhos sinuosos e rápidos mas ao mesmo tempo sobressai o seu cariz mais atlético que coloca ao seu alcance qualquer maratona ou longa distância.

A linha Macina Lycan surge em 2018 com 4 modelos com integração total da nova bateria Bosch Powertube 500 num quadro cujo design foi atualizado com uma tubagem de alumínio que praticamente reveste a nova bateria e reduz a volumetria do tubo inferior, contribuindo para uma imagem e estética bastante similar às bicicletas tradicionais, reduzindo assim o impacto visual e as ideias pré-concebidas relativamente às ebikes, que felizmente se vão desvanecendo.

O modelo de entrada de gama mantém a semi-integração visual da bateria, devidamente camuflada quer pelo quadro, quer pelos atraentes grafismos complementares. Tecnicamente, o novo quadro Macina Lycan revela um elevado grau de amadurecimento tecnológico e incorporam além dos mais avançados processos de fabrico as mais recentes soluções do e-MTB KTM Bike Industries: a Gravity Casing (o quadro envolve parcialmente o motor Bosch), tubagem hidroformada, rodas Boost, pinça de travão integrada Postmount, direção taper, resguardo para o amortecedor e… suporte de bidão!

KTM Macina Fogo

A linha Macina Fogo surge em 2018 com duas grandes estreias: primeiro, a integração total da nova bateria Bosch Powertube 500 num quadro apenas com suspensão dianteira cujo design foi atualizado com uma tubagem de alumínio que praticamente reveste a nova bateria e reduz a volumetria do tubo inferior, contribuindo para uma imagem e estética bastante similar às bicicletas tradicionais, reduzindo assim o impacto visual e as ideias pré-concebidas relativamente às ebikes, que felizmente se vão desvanecendo.

Segundo, a nova dinâmica KTM DiMMix com 120mm numa rígida revela-se apenas perante os olhos dos mais atentos: o perímetro de roda é muito equivalente, mas revela a adoção de uma abordagem à muito comprovada no mundo das motos: rodas com tamanhos diferentes, ie, uma roda maior à frente – 29 polegadas com pneu 2.35 – para máximo domínio e controlo, e uma roda mais pequena atrás – 27,5’ com pneu volumoso 2.80 – para máximo controlo da potência do motor e plena tração mesmo nos pisos mais soltos, a subir ou a descer!

Detentora de um visual atraente e faustoso, as KTM Macina Kapoho revelam um comportamento dinâmico ágil raro nas ebikes pelo equilíbrio de qualidades tanto pela performance energética como pelo comportamento vivo e solto. Tecnicamente, os quadros Macina Kapoho revelam um elevado grau de amadurecimento tecnológico e incorporam além dos mais avançados processos de fabrico as mais recentes soluções do e-MTB KTM Bike Industries: a Gravity Casing (o quadro envolve parcialmente o motor Bosch), tubagem hidroformada, rodas Boost, pinça de travão integrada Postmount, direção taper e… suporte de bidão!

KTM Macina RACE

A KTM Macina FOGO e a RACE são visualmente semelhantes, contudo apresentam-se com abordagens dinamicamente distintas: os 100mm de amortecimento da RACE com rodas de 29 polegadas e um potente motor Bosch conferem-lhe um carácter mais atlético e particularmente hábil nos longos percursos por estradões. A integração dos componentes elétricos numa bicicleta rígida com geometria equilibrada  e centro de gravidade baixo resulta numa nova experiência ciclista: descubra a fluidez energética e disfrute em pleno dos melhores trilhos de montanha, cidade ou ecopistas!

A linha Macina Race surge em 2018 com 3 modelos com integração total da nova bateria Bosch Powertube 500 num quadro cujo design foi atualizado com uma tubagem de alumínio que praticamente reveste a nova bateria e reduz a volumetria do tubo inferior, contribuindo para uma imagem e estética bastante similar às bicicletas tradicionais, reduzindo assim o impacto visual e as ideias pré-concebidas relativamente às ebikes, que felizmente se vão desvanecendo.

O modelo de entrada de gama (273) mantém a semi-integração visual da bateria, devidamente camuflada quer pelo quadro, quer pelos atraentes grafismos complementares e está disponível com agilidade redobrada em roda 27,5’. Tecnicamente, o novo quadro Macina Race revela um elevado grau de amadurecimento tecnológico e incorporam além dos mais avançados processos de fabrico as mais recentes soluções do e-MTB KTM Bike Industries: a Gravity Casing (o quadro envolve parcialmente o motor Bosch), tubagem hidroformada, rodas Boost, pinça de travão integrada Postmount, direção taper e… suporte de bidão!

KTM Macina FLITE

KTM FLITE: será uma ebike de estrada? Será uma ebike de turismo? Será que tem asas?

Repleto de novidades, o portefólio de ebikes KTM voltou a crescer em 2018 com a introdução de novos modelos nos quais se destaca a ebike KTM Macina FLITE! Elegante, refinada, distinta e sofisticada, esta bicicleta elétrica consegue ser simultaneamente desportiva sem perder versatilidade. Equipada com guiador idêntico às bicicletas de estrada, a postura do ciclista adota uma posição confortavelmente aerodinâmica numa harmonia interligada com os aros de perfil elevado e com os suaves contornos da tubagem do quadro que reveste a bateria e dissimula o motor Bosch.

À frente, a FLITE revela ainda um pequeno amortecedor incorporado na forqueta cujos 40mm de absorção, em colaboração com os pneus de 40mm, diluem e suavizam as vibrações dos empedrados ou estradas quebradas. A sofisticação do quadro encontra ainda paralelo nos dinâmicos travões de disco dimensionados para dosear a potência de travagem com suavidade e progressividade ímpar.

A linha Macina Flite surge em 2018 com 2 modelos com integração total da nova bateria Bosch Powertube 500 e amortecedor incorporado na forqueta: a Macina Flite assemelha-se em tudo a uma bicicleta de estrada enquanto a versão Street está equipada com acessórios funcionais (guarda-lamas, descanso, grelha de bagagem, iluminação traseira e dianteira)

Tecnicamente, o novo quadro Macina Flite revela um elevado grau de amadurecimento tecnológico e incorporm além dos mais avançados processos de fabrico as mais recentes soluções KTM Bike Industries nas ebikes: a Gravity Casing (o quadro envolve parcialmente o motor Bosch), tubagem hidroformada, pinça de travão integrada Postmount, direção taper e… suporte de bidão!

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome