O bielorrusso Kanstantsin Siutsou foi suspenso por quatro anos, por ter acusado positivo a eritropoietina (EPO) num controlo antidoping realizado em setembro de 2018, anunciou hoje a União Ciclista Internacional (UCI).

Kanstantsin Siutsou suspenso quatro anos por dopingDepois de um longo processo que correu no Tribunal de Antidopagem da UCI, o ciclista, que representou a equipa Bahrain Mérida no último ano de profissional, viu agora confirmado o castigo, que se prolongará até 04 de setembro de 2022.

Kanstantsin Siutsou, campeão do mundo de fundo de sub-23 em 2004, encerrou a carreira em 2018, aos 36 anos, na sequência daquele controlo positivo, que lhe valeu uma suspensão temporária.

Kanstantsin Siutsou suspenso quatro anos por dopingO bielorrusso venceu uma etapa na edição de 2009 da Volta a Itália, prova que terminou no nono lugar, em 2011.