Júnior Hélder Gonçalves foi 30.º no Campeonato da Europa

45

Remco Evenepoel sagrou-se hoje campeão europeu júnior no exigente circuito de Brno, na República Checa. Hélder Gonçalves foi o melhor português na 30.ª posição

O belga Remco Evenpoel confirmou o estatuto de máximo favorito à partida da prova de fundo do Campeonato Europeu de Estrada (categoria júnior) ao dominar por completo a corrida de 118 quilómetros, disputada em circuito, com um total de 11 voltas.

Evenpoel, que na quarta-feira havia conquistado o título de campeão júnior de contrarrelógio, não esperou que os adversários tomassem a iniciativa e lançou a sua ofensiva ainda na primeira volta do circuito cujo perfil, de sobe e desce constante, sem extensão em terreno plano, se adaptava às suas características.

Os portugueses Guilherme Mota e António Ferreira foram quem inicialmente responderam às exigências do traçado. Com o pelotão fragmentado em diversos grupos desde a volta a inicial, Mota – que mais tarde abandonaria a contas com dores lombares – e Ferreira tomaram parte nas diversas escaramuças com o intuito de chegar à frente da corrida.

Na parte final, porém, Hélder Gonçalves e Rúben Simão surgiram com mais forças terminando a corrida na 30.ª e 32.ª posição, respetivamente, sendo os melhores posicionados da Equipa Portugal. Terminaram ainda prova António Ferreira e Pedro Andrade. Do pelotão de 167 corredores à partida concluíram a corrida 51 classificados.

Evenpoel, atual campeão belga – conta com 24 sucessos este ano, inclusive em três provas da Taça das Nações Júnior – cortou o risco com mais de nove minutos de vantagem deixando para os rivais a disputa dos restantes lugares pelas medalhas. O suíço Alexander Balmer conquistou a medalha de prata, enquanto que o espanhol Carlos Rodriguez Cano subiu ao pódio com a medalha de bronze.

“Foi uma corrida algo atípica com um ciclista que atacou na primeira volta para não ser mais alcançado. Conseguimos colocar o Guilherme Mota e o António Ferreira num dos grupo perseguidores, mas o traçado praticamente sem momentos planos e o elevado ritmo não ajudaram a darmos a resposta que gostaríamos de ter dado”, referiu o seleccionador nacional José Poeira.

CLASSIFICAÇÃO: Campeonato Europeu Júnior – Prova de fundo – 118 km 167 participantes. Média de 36,2 km/h

1.º Remco Evenpoel (Bélgica), 3h15m20s
2.º Alexander Balmer (Suíça), a 9m44s
3.º Carlos Rodriguez Cano (Espanha), a 9m46s
(…)
30.º Hélder Gonçalves, a 15m45s
32.º Rúben Simão, a 16m07s
44.º António Ferreira, a 21m55s
45.º Pedro Andrade, mt

(ab) Guilherme Mota, António Ferreira, João Carvalho

Deixar uma resposta