PUB

Primoz Roglic, vencedor das últimas três edições da Volta a Espanha, vai voltar à Volta a França, ao lado do dinamarquês Jonas Vingegaard e do belga Wout van Aert, anunciou hoje a Jumbo-Visma.

JUMBO-VISMA COLOCA ROGLIC, VINGEGAARD E VAN AERT NO TOUR, DUMOULIN NO GIROA formação neerlandesa do WorldTour apresentou-se hoje para a nova temporada, na qual volta a aspirar aos maiores triunfos do calendário, a começar pelo regresso de ‘Rogla’ ao Tour, onde quer destronar o compatriota Tadej Pogacar (UAE Emirates), vencedor das últimas duas edições.

PUB

O esloveno, de 32 anos, campeão olímpico de contrarrelógio, tem dominado em Espanha e acumulado vitórias em outras corridas WorldTour, mas não tem conseguido impor-se no Tour: em 2020 foi segundo e em 2021 teve de abandonar.

JUMBO-VISMA COLOCA ROGLIC, VINGEGAARD E VAN AERT NO TOUR, DUMOULIN NO GIRONa ‘grande boucle’ estará também Vingegaard, que foi segundo classificado em 2021, e o belga Wout van Aert, que apostará na classificação dos pontos da prova, num ano em que voltará a alinhar nas principais clássicas.

O diretor desportivo, Merijn Zeeman, explicou em conferência de imprensa por via telemática, a partir da concentração em Alicante, Espanha, que a equipa aponta “aos grandes ‘monumentos’ do ciclismo” e, em França, aposta nos dois principais líderes.

Fora disso, o holandês Tom Dumoulin vai disputar a Volta a Itália, que venceu em 2017, deixando a Vuelta, onde Roglic tem ‘reinado’ em 2019, 2020 e 2021, com uma formação dependente de quem sair em melhores condições do Tour.

Fora de França, depois de três etapas ganhas em 2021, o tricampeão mundial de ciclocrosse Wout van Aert arranca a temporada na Omloop Het Nieuwsblad e vai correr três ‘monumentos’: Milão-Sanremo, Volta a Flandes e Paris-Roubaix.

Outras provas na primeira metade de 2022 incluem a Gent-Wevelgem, a Clássica E3 e a Amstel Gold Race, em que se impôs no ano passado, mas também o Paris-Nice.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui