José Borges é tetra Campeão Nacional de Enduro

91

José Borges, piloto da Miranda Factory Team, é o novo Campeão Nacional de Enduro 2018, na categoria de Elite masculino.

© Nelson Martins

O atleta sagrou-se vencedor após disputar ontem o Campeonato Nacional de Enduro, que teve lugar pela primeira vez na Madeira, na cidade do Funchal. O atleta vê assim renovado o título nacional pela quarta vez consecutiva.

O piloto da Miranda Factory Team venceu três troços das cinco especiais classificativas, algumas delas utilizadas no EWS (Enduro World Series) Madeira. José Borges concluiu a prova em 25’00’’42, tendo o seu adversário mais direto, o madeirense Emanuel Pombo (Ciclo Madeira Clube Desportivo), feito mais 10 segundos e 77.

© Nelson Martins

A correr em casa, o madeirense começou a ganhar a primeira especial, sendo também o mais rápido na última. Contudo, não conseguiu bater o piloto da Miranda Factory Team, terminando no segundo lugar do pódio. Quanto ao terceiro lugar, esse foi ocupado por Paulo Baptista (Município de Porto Moniz), a 1’23’’67 do vencedor.

Para José Borges, um dos objetivos para esta época “está realizado”. E continuou: “Consegui revalidar o título de Campeão Nacional de Enduro pela quarta vez consecutiva. Estou muito contente com este resultado, visto que estava a jogar em casa do meu mais direto adversário. Sabia que esta corrida não ia ser muito fácil, mas lutei até à última e consegui levar a melhor comigo”.

© José Borges

A conquista deste quarto título nacional consecutivo em Elite reflete, uma vez mais, a competitividade da sua época desportiva.

Recorde-se que a realização desta importante prova foi decidida pela Federação Portuguesa de Ciclismo que reconheceu, recentemente no Funchal, durante a Gala de Ciclismo, “as qualidades naturais” da região para esta modalidade, quer na vertente competitiva, como na vertente turística.

José Borges prossegue com quarta série do EWS já este fim-de-semana

Neste momento o tetra Campeão Nacional de Enduro encontra-se já em viagem para prosseguir com a próxima etapa do EWS, que vai disputar-se no fim-de-semana, dias 30 de junho e 1 de julho, sábado e domingo, respetivamente. Após a terceira série em França, a competição EWS continua pela Europa com a quarta etapa, que vai dividir-se entre a Áustria e a Eslovénia.

Será a primeira vez que o EWS abrange dois países numa única prova, por ser numa região muito rica em trilhos: Petzen (Áustria) e Jamnica (Eslovénia). Uma corrida transfronteiriça e que certamente vai dar que falar e ficar na história desta competição internacional de Enduro.

Deixar uma resposta