A quarta e última prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo disputou-se ao início da tarde deste sábado, em Torres Vedras, numa corrida integrada no programa do Troféu Joaquim Agostinho.

Vinte e quatro atletas, distribuídos por dez classes, competiram neste sábado, juntando as emoções do paraciclismo à festa do ciclismo profissional.

PUB

A prova deste sábado não modificou a geral em nenhuma das classes em discussão. Ana Silva e Isabel Caetano (Descobre Destreza Associação Desportiva) conquistaram o troféu na classe B, Bernardo Vieira (Efapel Paracycling) foi coroado em C1. Em C2, a Taça viajou na bagagem de Daniel Silva (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), mas a derradeira prova pontuável foi vencida por Telmo Pinão (Efapel Paracycling). Paulo Teixeira (Rodabike/ACRG/Gondomar) teve uma época irrepreensível, ganhando as quatro corridas da Taça na classe C3, o mesmo tendo feito João Monteiro (Mozinho RT Martos Pellets Oforsep) em C4. Ana Ramos ganhou a Taça em C4 femininas.

Manuel Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) sagrou-se vencedor da Taça de Portugal Jogos Santa Casa na classe C5, mas o vencedor da corrida final foi Hélder Maximino (360º Bike Trail/Mundima/CCA Paio Pires). João Marques (ACD Milharado/Driveon/Holidays) foi o melhor na geral de classe D, mas foi suplantado por André Soares (Mato-Cheirinhos/Vila Galé/Etopi) na prova de hoje.

João Pinto (Belmira Cruz/Centro Ciclismo de Portimão), em H3, Flávio Pacheco (Santa Cruz/Botelhos.pt), em H4, e Luís Costa, em H5, não perderam uma única corrida da edição de 2021 da Taça de Portugal, conquistando, naturalmente, o troféu. Filomena Oliveira conseguiu o troféu em H4 femininas.

Deixar uma resposta