Jesus del Pino garantiu o segundo lugar do pódio para a Vito-Feirense-Pnb na 96ª edição da Prueba Villafranca-Ordiziako Klasika, a prova de um dia mais antiga do calendário espanhol.

Frente a um pelotão com algumas das mais importantes equipas internacionais, e a poucos dias de iniciar a 81ª Volta a Portugal Santander, Del Pino arrecadou este excelente resultado sentindo-se “melhor a cada volta” do circuito da Clássica de Ordizia, como afirmou no final da jornada, ganha em solitário por Rafa Valls (Movistar Team).

Com partida e chegada em Ordizia, no País Basco, o pelotão de 18 equipas pedalou um total 165,7 quilómetros, em circuito, tendo como principais dificuldades as subidas de 3ª categoria de Alto de Abaltzisketa, superada por cinco vezes, e Alto de Altzo, superada por duas vezes.

O momento-chave da Prueba Villafranca-Ordiziako Klasika deu-se precisamente na última escalada do Alto de Abaltzisketa, à falta de 10,6 quilómetros para o final, onde o espanhol Rafa Valls desferiu o ataque certeiro para conquistar a vitória em solitário.

Atrás, um quinteto com Jesus del Pino não baixou os braços e tentou a perseguição, chegando à meta com 29 segundos de diferença. Após este esforço, o corredor da Vito-Feirense-Pnb ainda conseguiu lutar pelo pódio, fechando no segundo lugar.

“A corrida foi muito rápida desde o início. A equipa Movistar controlou desde a primeira volta e cada vez íamos mais rápido. Eu senti-me melhor a cada volta que passava. Na última subida, Rafa Valls atacou e atrás reunimos um grupo de cinco corredores na perseguição. Quando chegámos à meta, fui o primeiro deste grupo a cruzar a linha”, afirmou Jesus del Pino.

Para o director desportivo Joaquim Andrade, “Esta era uma corrida que tínhamos há muito tempo previsto no nosso calendário e era um dos nossos objectivos tentar estar na discussão da corrida. Sabíamos que íamos ter corredores num bom momento, pois é uma prova muito próxima da Volta a Portugal. É uma corrida dura, com muito prestígio em Espanha, e para nós é um motivo de orgulho estar na discussão da prova, não só pelo lugar de destaque, mas também pela intervenção que tivemos nos pontos-chave da corrida, sendo coroado com o excelente segundo lugar do Del Pino.

Ele está num bom momento e aproveitou-o bem. Esta é uma das primeiras provas que iremos fazer do calendário internacional no País Basco. Para já, esta foi coroada com sucesso. Vamos ver na próxima, o Circuito de Getxo no dia 31, onde iremos estar com uma equipa muito jovem e na qual iremos introduzir os nossos dois estagiários, que vão fazer a sua estreia ao mais alto nível, o que será um incentivo para eles e os ajudará a crescer no seu percurso de corredores profissionais. Penso que a equipa poderá ter uma boa prestação e poderá ter um papel interveniente na corrida.”

Assim, no dia 31 de Julho, para além iniciar a 81ª Volta a Portugal Santander (2.1), a Vito-Feirense-Pnb estará também novamente em Espanha para disputar o 74º Circuito de Getxo (1.1), onde irão estrear-se Leonardo Soares e Luís Cabral, dois jovens da formação Feirense, que assim dará continuidade à aprendizagem dos seus ciclistas subindo à equipa continental.

Classificação Geral:

1º Rafa Valls (Movistar Team) 3h55m06s
2º Jesus del Pino (Vito-Feirense-Pnb) a 29s
3º Juan Antonio López-Cózar (Euskadi-Murias) a 29s

25º Oscar Pelegrí (Vito-Feirense-Pnb) a 3m28s
62º António Ferreira (Vito-Feirense-Pnb) a 11m31s
63º Pedro Andrade (Vito-Feirense-Pnb) a 11m31s
64º Bernardo Saavedra (Vito-Feirense-Pnb) a 11m31s
65º João Barbosa (Vito-Feirense-Pnb) a 11m35s
DNF Raúl Rico (Vito-Feirense-Pnb)

Deixar uma resposta