Hugo Nunes foi o 3.º melhor Sub-23 nas Aldeias do Xisto

34

Hugo Nunes, ciclista da equipa Continental UCI Miranda-Mortágua, foi ontem, dia 25 de março, o 3.º melhor classificado em Sub-23 na segunda edição da Clássica Aldeias do Xisto.

A prova internacional uniu a Aldeia do Xisto de Álvaro (Oleiros) à Aldeia das Dez (Oliveira do Hospital), num percurso com 145 km de paisagens de rara beleza e que encerrou, no final, o Troféu Liberty Seguros, entregue ao espanhol Óscar Hernández (Aviludo-Louletano-Uli).

A partida da Aldeia de Álvaro ficou marcada pela grande destruição provocada pelos incêndios de outubro passado, bem visível em mais de uma dezena de casas ardidas junto ao local de onde saiu o pelotão. A corrida começou logo com o ataque de 16 homens, que saíram do pelotão para discutir a prova.

Entre eles estava Jorge Magalhães, um dos apenas dois Sub-23 presentes na frente da corrida. Contudo, a qualidade deste grupo da frente era muito elevada, o que fez com que na fase mais dura da corrida o ciclista descolasse do grupo.

No entanto, e de acordo com Pedro Silva, diretor desportivo da Miranda-Mortágua, “fica o registo de uma boa atitude e da excelente participação na corrida por parte do Jorge Magalhães”.

Já a poucos quilómetros da chegada, Hugo Nunes, Gonçalo Carvalho e Nuno Meireles acompanhavam o pelotão apresentando-se em boas condições para realizar uma boa classificação.

Mas com a linha da meta colocada no topo de uma subida de 3.ª categoria, com 3,2 km de extensão e com as últimas centenas de metros em empedrado, a tarefa ficou mais difícil de cumprir.

No final, e após os 14 primeiros classificados serem oriundos do grupo que se adiantou logo desde início, Hugo Nunes chegou em 27.º lugar, a 7m09s do vencedor Daniel Mestre (Efapel), sendo assim o 3.º melhor Sub-23 na etapa, um registo a assinalar.

No balanço final da corrida, Pedro Silva, satisfeito com a prestação dos seus corredores, explicou que “para esta prova apresentámos uma equipa muito jovem, mas que deu muito boa conta de si. Desde logo com a presença na fuga do dia e depois com um trabalho constante no pelotão, de colocação e onde os mais novos ajudaram os seus colegas, verificando-se uma evolução clara de corrida para corrida”.

A Clássica Aldeias do Xisto é uma prova inserida no projeto Cyclin’Portugal e que tem como principal objetivo divulgar e promover as Aldeias do Xisto como território ideal para a prática de todas as vertentes de ciclismo.

Este propósito acabaria por ter sido atingido neste domingo, ao serem atravessadas por toda a caravana ciclista belíssimas paisagens durante todo o dia, caravana que veio colorir uma região que está a dar a volta por cima, depois dos trágicos incêndios do ano passado.

CLASSIFICAÇÃO ETAPA:
1.º – Daniel Mestre (Efapel) 3h51m27s
27.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 7m09s
44.º – Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 7m43s
50.º – Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 8m07s
OTL – Artur Chaves (Miranda-Mortágua)
OTL – Damien Cordeiro (Miranda-Mortágua)
OTL – Pedro Teixeira (Miranda-Mortágua)
DNF – Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua)

CLASSIFICAÇÃO JUVENTUDE:
1.º – Javier Fuentes (Caja Rural – Seguros RGA) 3h55m42s
3.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 2m54s
9.º – Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 3m28s

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS:
1.º – Efapel 11h40m28s
11.º – Miranda-Mortágua a 16m52s

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome