Grande Prémio JN: Rafael Silva vence ao sprint primeiro setor da 3ª etapa

41

O pelotão enfrenta hoje uma jornada dupla e, por isso, a partida deste primeiro sector do dia é realizado mais cedo. Os ciclistas tiveram pela frente, nesta primeira parte do dia, uma etapa de 78 km, com partida em Monção e chegada a Viana do Castelo.

Era de prever uma etapa muito nervosa e muito atacada, uma vez que a distância é curta e da parte da tarde temos o contrarrelógio individual.

Inicio bastante movimentado com vários grupos a tentar a fuga que acabou por se consolidar ao km 17 que nesta altura tinha uma vantagem de 1m10s sobre o pelotão que era encabeçado pela equipa Miranda-Mortágua, a trabalhar para defender o líder da corrida até ao momento, Nuno Meireles.

Composição do grupo em fuga: Gonçalo Amado (ACDC Trofa/Trofense), Rui Rodrigues (Aviludo-Louletano-Uli), António Monteiro (Fortunna/Maia), Júlio Gonçalves e Fábio Mansilhas (LA Alumínios), Rafael Lourenço (Liberty Seguros-Carglass) e Soufiane Haddi (Vito-Feirense-BlackJack).

O mais bem colocado dos fugitivos era Soufiane Haddi (Vito-Feirense-BlackJack), apenas a 51 segundos do camisola amarela.

Na meta volante de Caminha, ao quilómetro 42,9 a ordem de passagem foi a seguinte:

1. Fábio Mansilhas (LA Alumínios)
2. Rafael Lourenço (Liberty Seguros-Carglass)
3. Gonçalo Amado (ACDC Trofa/Trofense)

Andamento rápido na 1ª hora de corrida, com média de 43 km/h.

A subida para o Prémio de Montanha do dia fez estragos na fuga. Júlio Gonçalves e António Monteiro eram absorvidos pelo pelotão e a cabeça de corrida resumia-se a Gonçalo Amado (ACDC Trofa/Trofense), Rui Rodrigues (Aviludo-Louletano-Uli), Fábio Mansilhas (LA Alumínios), Rafael Lourenço (Liberty Seguros-Carglass) e Soufiane Haddi (Vito-Feirense-BlackJack). O pelotão já se encontrava, neste fase, a 55 segundos.

A ordem de passagem no Prémio de Montanha de 3.ª cat., ao km 60,9, na Costa do Outeiro foi a seguinte:

1. Fábio Mansilhas (LA Alumínios)
2. Gonçalo Amado (ACDC Trofa/Trofense)
3. Rui Rodrigues (Aviludo-Louletano-Uli)

A fuga do dia acabou por ser anulada a 6km da meta e o pelotão “voou” compacto, com os homens mais rápidos a posicionarem-se para o sprint final.

A vitória sorriu assim ao Rafael Silva da EFAPEL, no entanto, houve cortes na no pelotão à chegada, tendo o camisola amarela Nuno Meireles ficado num destes cortes, perdendo assim, a tão disputada camisola para Daniel Silva (Rádio Popular-Boavista).

Após o primeiro sector da 3ª etapa, classificação ficou assim alinhada:

CLASSIFICAÇÃO INDIVIDUAL 3ª ETAPA – 1º SECTOR:

1. Rafael Silva (EFAPEL) 1:48:05
2. António Carvalho (W52) mt
3. Luis Gomes (Radio Popular-Boavista)

CLASSIFICAÇÃO GERAL INDIVIDUAL

1. Daniel Silva (Radio Popular-Boavista)
2. Nuno Meireles (Miranda-Mortagua) a 5″
3. Rafael Silva (EFAPEL) a 34″

Da parte da tarde teremos o 2º sector da 3ª etapa, um Contrarrelógio Individual de 10km a disputar em Barcelos com inicio as 16h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome