GP Anicolor | Luís Gomes celebra em Águeda

17

Luís Gomes foi o vencedor do III Grande Prémio Anicolor ao triunfar em Águeda após 142, 6 quilómetros. Na Avenida 25 de Abril, o ciclista da RP-Boavista fez valer as suas características de finalizador para se impor ao sprint diante de Frederico Figueiredo e do russo Alexander Grigorev, ambos do Sporting-Tavira.

O primeiro triunfo do corredor gaiense na presente temporada começou a desenhar-se ao quilómetro 30 quando integrou o extenso grupo de 19 corredores na frente da corrida. O endurecimento do percurso auxiliou a formação de uma nova escapada, desta feita com quatro corredores. Luís Gomes, Nuno Meireles, Guillaume Almeida e Ricardo Ferreira chegaram a ter mais de três minutos para o pelotão que à partida de Oliveira do Bairro apresentou 94 unidades.

Porém, foi a sucessão de contagens de montanha nos últimos 15 quilómetros que ditou o desfecho da corrida. Gomes antecipou-se na subida aos rivais da fuga – foi ainda o vencedor da classificação da montanha, passando na dianteira nas duas contagens de terceira categoria, em Povoinha e Falgoselhe – para segurar, mais tarde, já na aproximação à meta os ataques dos perseguidores.

“Foi uma etapa muito dura. Entrei de início na fuga, mas não havia entendimento e decidi atacar de longe, juntamente com mais três ciclistas. Na parte final, tentei a minha sorte, arranquei nas subidas e depois optei por esperar pelos adversários do Sporting. Estes atacaram à vez, já vinha com cãibras, mas consegui aguentar e na parte final, tendo em conta a chegada, sabia que tinha boas hipóteses para vencer.

Dedico este triunfo à minha família e à minha na namorada”, teceu o corredor gaiense que passou a profissional na pretérita temporada, tendo ganho, na época de estreia, o Circuito de Nafarros.

Na classificação por equipas sagrou-se vencedora a RP-Boavista, diante do Sporting-Tavira e da Efapel. Nas restantes classificações secundárias, Luís Gomes impôs-se na montanha, Nuno Meireles foi o vencedor das metas-volantes, Antonio Barbio (Efapel) triunfou nos ‘pontos-quentes’ e Francisco Campos foi o melhor Sub-23.

CLASSIFICAÇÃO PROVISÓRIA

1.º Luís Gomes (RP-Boavista) 3h29m26s
2.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), mt
3.º Alexander Grigorev (Sporting-Tavira), mt
4.º Guillaume Almeida (Fortuna-Maia), a 2s
5.º Francisco Campos (Miranda-Mortágua), mt
6.º Rafael Silva (Efapel), a 8s
7.º Luís Mendonça (Aviludo/Louletano/ULI), mt
8.º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), mt
9.º José Ferreira (W52-FC Porto), mt
10.º André Crispim (Liberty Seguros), mt

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome