Gianni Moscon assume liderança Critério do Dauphiné

30

O ciclista italiano Gianni Moscon (Sky) subiu hoje à liderança do Critério do Dauphiné, após a realização da quarta etapa da prova, vencida pelo francês Julian Alaphilippe (Quick-Step).

Alaphilippe completou os 181,2 quilómetros da tirada realizada entre Chazey-sur-Ain e Lans-en-Vercors em 4:26.58 horas, impondo-se sobre a meta ao irlandês Daniel Martin (UAE-Team Emirates) e ao britânico Geraint Thomas (Sky), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Gianni Moscon terminou na nona posição, a oito segundos de Alaphilippe, desalojando do comando da classificação geral o polaco Michal Kwiatkowski, colega de equipa na Sky – 19.º na etapa de hoje -, que caiu para o segundo posto, a seis segundos do líder.

O português Tiago Machado (Katusha-Alpecin) caiu 24 lugares na geral individual, de 38.º para 62.º, a 16.45 minutos de Moscon, depois de hoje ter cortado a meta na 75.ª posição, a 14.38 do vencedor.

Na sexta-feira realiza-se a quinta e antepenúltima etapa do Critério do Dauphiné, entre Grenoble e Valmorel, na extensão de 129,5 quilómetros, com três contagens de montanha, duas das quais de segunda categoria, na fase inicial do percurso, e uma de categoria especial, a coincidir com a meta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome