Francisco Campos faz 3.º lugar na Geral e é o melhor Sub-23 na Volta às Terras de Santa Maria

40

Francisco Campos, campeão nacional de Sub-23 e ciclista da equipa Continental UCI Miranda-Mortágua, foi o 3.º classificado na Volta às Terras de Santa Maria – Troféu Fernando Mendes, no passado sábado, dia 12 de maio.

O sprinter ainda vestiu a Camisola Branca no pódio, por ter sido o melhor Sub-23 em prova. Para fechar, a Miranda-Mortágua ficou na 3.ª posição na Classificação por Equipas. Um dia em grande e que vem trazer motivação extra para as próximas competições.

“Hoje (sábado) foi dia de emoções fortes. Após um início de época muito complicado devido a várias condicionantes, nomeadamente quedas, doenças, lesões e outras situações, sabíamos que mais tarde ou mais cedo as vitórias iam acontecer”, explicou Pedro Silva, diretor desportivo da Miranda-Mortágua. “Esforço, dedicação, humildade, profissionalismo e acima de tudo união e fé. Hoje ‘matamos o Borrego’: 3.º Geral, 1.º e 2.º Juventude e 3.º Equipa, não era sem tempo! Parabéns Equipa”, rematou Pedro Silva, que ganha agora um novo alento com os resultados deste sábado.

Também o campeão nacional de Sub-23 estava igualmente satisfeito com a sua prestação e da equipa: “Já se fazia algum tempo desde que subimos ao pódio pela última vez.

Azares entre outras questões têm condicionado o trabalho individual e coletivo de toda a equipa. Pois bem, sábado foi dia de voltar a calcar os pódios e de voltar ao que estávamos habituados! Foi uma corrida dura e feita sempre a grande velocidade, mas no fim tive boas pernas e acabo por finalizar em 3.º lugar na Geral e 1.º nos Sub-23”, explicou. Francisco Campos espera que “a partir de agora os resultados e boas prestações tenham um bom crescimento, para que o nosso trabalho seja recompensado de alguma forma”.

A corrida foi bastante disputada desde os quilómetros iniciais. Num percurso seletivo, os grupos foram uma constante ao longo dos 158,9 km da prova e onde a equipa esteve inserida com diversos elementos. Com o desgaste da corrida o pelotão foi-se reduzindo e no final a Miranda-Mortágua contava com cinco ciclistas para discutir a vitória.

Numa corrida onde cerca de metade foi feita em circuito, o circuito final não foi suficiente para alcançar os dois homens da frente, onde a vitória acabou por sorrir ao espanhol Ángel Sánchez (W52/ FC Porto). A 36 segundos, Francisco Campos foi o primeiro do pelotão num vigoroso sprint, que lhe permitiu ser o melhor Sub-23 em prova, envergando no final a Camisola Branca.

O Grande Prémio Anicolor será a competição que se segue, a disputar já no próximo domingo, dia 20 de maio na região de Águeda.

CLASSIFICAÇÕES GERAIS:

CLASSIFICAÇÃO ETAPA:
1.º – Ángel Sánchez (W52/ FC Porto) 3h52m22s
3.º – Francisco Campos (Miranda-Mortágua) a 39s
13.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) a 51s
22.º – Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua) a 1m04s
31.º – Jorge Magalhães (Miranda-Mortágua) a 1m10s
35.º – Nuno Meireles (Miranda-Mortágua) a 1m18s
DNF – Tiago Leal (Miranda-Mortágua)
DNF – Damien Cordeiro (Miranda-Mortágua)
DNF – Pedro Teixeira (Miranda-Mortágua)
DNF – José Sousa (Miranda-Mortágua)

CLASSIFICAÇÃO JUVENTUDE:
1.º – Francisco Campos (Miranda-Mortágua) 3h53m01s
2.º – Hugo Nunes (Miranda-Mortágua)

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPAS:
1.º – W52/ FC Porto 11h38m27s
3.º – Miranda-Mortágua a 1m13s

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome