Equipa júnior da Academia Joaquim Agostinho destaca-se na Volta a Loulé

43
© Carlos Viegas

A equipa júnior da Academia Joaquim Agostinho foi sétima classificada entre as vinte e uma participantes da edição 2018 da Volta a Loulé, prova que percorreu 260 quilómetros deste concelho Algarvio entre os dias 29 e 31 de Março.

Numa das competições mais importantes do calendário português várias foram as equipas internacionais que marcaram presença, criando um pelotão bastante competitivo que elevou o ritmo desde o primeiro dia.

© Tomás Mota

A equipa de Torres Vedras partiu para todas as etapas com o objetivo da vitória, com quase todos os elementos a protagonizarem episódios de fuga, que no entanto acabariam por não surtir o efeito desejado.

A correr o seu primeiro ano como júnior, Henrique Frois foi quem obteve o melhor desempenho individual da equipa, sendo o 5º melhor entre os Atletas que disputavam a camisola branca da juventude e obtendo a 19ª posição na classificação geral final.

© Ricardo Dias

“Tinha alguma expetativa em relação a esta prova, por ser uma das mais importantes do nosso calendário. Acabou por ter um sabor agridoce pois poderíamos ter feito algo melhor, mas serviu de aprendizagem para o futuro. Dei o meu melhor, tentando estar nas fugas e ser visível para ajudar a equipa.

Foi uma prova dura, com ritmos elevados, onde infelizmente tive uma segunda etapa menos boa que me custou mais de um minuto, ficando assim afastado de uma posição melhor.

Agradeço à Academia, ao meu Treinador, ao Senhor Armindo, ao Diogo, aos companheiros de equipa e aos meus Pais por todo o apoio que me têm dado, sem esquecer também a importância que os patrocinadores representam para que isto tudo seja possível”, referiu Henrique no final da prova.

© Tomás Mota

Dois Atletas no top20 da geral e dois no top10 da juventude, a par de mais uma grande jornada de aprendizagem, foi o saldo positivo de mais esta experiência competitiva.
Numa Volta em que os Atletas mais jovens acabaram por ser os mais fortes, Pedro Silva do Team Seissa foi o grande vencedor, sendo que as restantes classificações dos atletas “torrienses” ficaram assim ordenadas: Carlos Rodrigues 20º, Wilson Esperança 31º, Bernardo Jorge 33º, Guilherme Valverde 37º, Afonso Morgado 45º e André Silva 65º.

Daniel Gonçalves nos trabalhos da Seleção

O Atleta Cadete Daniel Gonçalves, que recentemente venceu a 1ª prova da Taça de Portugal em Palmela, foi convocado pelo Selecionador Nacional Gabriel Mendes para os trabalhos da equipa Portugal de Pista, que vão decorrer entre hoje e sexta feira no centro de estágios da Federação Portuguesa de Ciclismo na Anadia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome