PUB

Depois de ontem se ter disputado a prova de contrarrelógio nos Campeonatos Nacionais de Masters, em A-do-Barbas, hoje foi dia de conhecer os campeões nacionais de fundo.

O título de elite amador na prova de fundo disputada durante o dia de hoje foi para João Letras (GrupoParapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP), que completou o percurso em 3h54m54s. André Filipe (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS), que tinha vencido ontem o contrarrelógio individual foi hoje segundo e Pedro Rebelo (Individual) terminou a prova no terceiro lugar.

PUB

Em masters 30-34 foi José Oliveira (MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S.Sebastião) a vencer, seguido de Fábio Oliveira (Individual) a 23 segundos e Diogo Pereira (A.R. Batalhense) a 36 segundos.

Já na categoria de masters 35 foi Bruno Saraiva (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS) a conquistar a vitória, na frente de Hélder Azevedo (Cadao/Soutense/Rematelaborado), que fechou logo atrás, a apenas um segundo. Leandro Coelho (Cadao/Soutense/Rematelaborado) foi terceiro, a 10 segundos.

Nuno Inácio (BTTGardunha/Fundão/Create) foi o campeão de masters 40-44, batendo Paulo Simões (Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP) e João Mariano (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra C.Ciclismo) ao sprint.

Em masters 45 foi Paulo Oliveira (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS) a vencer, na frente de António Faísco (UCA/União Ciclismo do Alentejo/Terralem) e Élio Silva (Cadao/Soutense/Rematelaborado), ambos a oito segundos.

Alberto Amaral (Discover Melgaço/União Ciclista de Melgaço e Ponte da Barca) sagrou-se campeão nacional de masters 50-54, batendo Vasco Gomes (Olivtec/Golden Project/3Via/Dot Work) ao sprint. Carlos Matos (Vertentability/CRG) fechou em terceiro, a oito segundos.

Em masters 55, José Afonso (Cadao/Soutense/Rematelaborado) foi o vencedor, na frente de Vítor Lourenço (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra C. Ciclismo) e Reinaldo Luís (Róódinhas/Master Vantagem), que fecharam em segundo e terceiro, respetivamente.

José Ferreira (CTM/Vila Pouca/CEPSA Casa Lima Chaves) foi o campeão de masters 60-64, na frente de Joaquim Pinto (Silva&Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), que terminou a 4m08s, e Adelino Cruz (BTT Loulé/Elevis), a 6m38s.

Na categoria de masters 65 Manuel Pinto (SEARTEX Portugal/Edaetech) foi quem se sagrou vencedor, com Vítor Graça (Ciclismo 20kms Almeirim/Restaurante O Forno) a terminar na segunda posição, a 4m50s, e Carlos Pereira (24horas Altimetria/ONTrack) em terceiro, a 5m27s

Já na categoria +70, a o título nacional de fundo foi para Manuel Domingos (Vertentability/CRG). Manuel Pontes (Póvoa Cycling Academy/CDC Navais) terminou em segundo lugar, a 7m37s, na frente de Vitorino Pereira (Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP), a 8m08s.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui