Foi com a Etapa Rainha que a Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL se despediu ontem, dia 16, de terras colombianas naquele que foi o primeiro desafio de 2020: a terceira edição do Tour Colombia 2.1 UCI.

EFAPEL Tour da Colômbia
© Eder Garcés – Tour Colombia 2.1

Esta importante competição internacional, que esteve na estrada entre 11 e 16 de fevereiro, foi disputada por alguns dos melhores e mais mediáticos corredores do mundo, num pelotão de sonho onde esteve também, pela segunda vez consecutiva, a EFAPEL. A estrutura de Ovar voltou assim a ser a única equipa lusa em prova, num país onde se respira ciclismo e a festa desta modalidade é feita de forma singular, por um povo que a ama.

Foram seis etapas de emoção, onde a EFAPEL conseguiu dar nas vistas com Nicolás Saenz, o colombiano que corre pela primeira vez na formação de Ovar e em Portugal, um puro trepador que concluiu a classificação Geral na 38.ª posição. Algumas tiradas foram ao seu jeito, outras beneficiaram Rafael Silva, que na penúltima etapa tentou a sua sorte após o excelente trabalho da equipa, que nos quilómetros finais o lançou para o sprint final, o que acabaria por não se concretizar como seria desejado.

EFAPEL Tour da Colômbia
© Eder Garcés – Tour Colombia 2.1

A corrida de ontem decidiu-se no topo de El Verjón, uma Contagem de Montanha de 2.ª Categoria, a 3290 metros acima do nível do mar, localizado nos arredores da capital Bogotá.

Para o diretor desportivo da EFAPEL, Rúben Pereira, ontem “foi uma etapa dura. Considerada a Etapa Rainha do Tour Colombia, a equipa EFAPEL mais uma vez tentou estar na frente da corrida. Os corredores tudo fizeram para entrar na fuga, mas não foi possível. Contudo, a equipa sai da campanha pela Colômbia muito motivada e com espírito de missão cumprida”.

EFAPEL Tour da Colômbia
© Eder Garcés – Tour Colombia 2.1

CLASSIFICAÇÃO GERAL (depois da 6.ª Etapa e com 876 km acumulados):
1.º Sergio Andrés Higuita (EF Pro Cycling), 19h55m51s
38.º Nicolás Saenz, a 09m20s
65.º César Fonte, a 18m35s
82.º Gerard Armillas, a 24m27s
97.º Rafael Silva, a 28m04s
103.º Jóni Brandão, a 30m54s

CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS:
1.ª EF Pro Cycling, 59h12m37s
19.ª EFAPEL, a 44m50s