EFAPEL apresenta equipa coesa e ambiciosa para 2017

315

A temporada de ciclismo nacional começa já no próximo mês e a equipa profissional de ciclismo EFAPEL está a postos para os desafios de 2017. A formação vai continuar a ter Américo Silva como timoneiro de um conjunto de corredores muito coeso e ambicioso, em que a mistura entre experiência e juventude é, por certo, um argumento de competitividade e valor.

A nova temporada começa cheia de novidades. A começar, o bloco de ciclistas mudou. A equipa manteve o núcleo duro formado por cinco elementos que transitam de 2016. São eles Daniel Mestre e Henrique Casimiro, Rafael Silva, António Pereira Barbio e Álvaro Trueba. Nas novidades, a EFAPEL volta a contar com Bruno Silva, que regressa a uma casa que já representou, recrutou Mateo Garcia, um jovem que chega directamente da Colômbia, e um valor seguro espanhol, Jesus Del Pino, capaz de acrescentar valor à formação, principalmente na montanha. Para liderar este grupo, a equipa conta com um dos maiores nomes do ciclismo português da actualidade, Sérgio Paulinho.

Medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 e depois de mais de uma década nas melhores equipas do mundo, Sérgio Paulinho regressa a Portugal para competir e assumir o papel de chefe de fila da EFAPEL. O experiente ciclista assume este lugar com grande ambição. Em conjunto com toda a equipa, quer manter a imagem dinâmica, lutadora, vitoriosa e protagonista em todas as competições nas quais a formação de Ovar participa.

O director desportivo da EFAPEL, Américo Silva, é o espelho da vontade de continuar a lutar pelos triunfos e a assumir um papel de destaque em todas as corridas. “Os objectivos da EFAPEL serão sempre o estar na disputa de todas as competições e com o objectivo de as vencer”, afirmou o responsável.

Ambição não falta na estrutura de Ovar. Seja que competição for, os homens de Américo Silva querem estar na frente. Mas há um desejo maior do que todos os outros e o director desportivo nãp o esconde: “A vitória na Volta a Portugal é um sonho que desejamos ver concretizado.”

A temporada começa em Fevereiro, logo com embates exigentes. A prova de abertura está agendada para dia cinco e no dia 11 discute-se a primeira ronda da Taça de Portugal. Já na segunda metade do mês, a EFAPEL junta-se a algumas das melhores formações do mundo na Volta ao Algarve e, entre 22 e 26, corre a Volta ao Alentejo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome