Richie Porte (Trek-Segafredo) venceu o Tour Down Under 2020, ao ser segundo na sexta e última etapa, ganha pelo britânico Matthew Holmes (Lotto-Soudal).

Trek-Segafredo Tour Down Under 2020
© Auld Photo

No final dos 151,5 quilómetros, entre McLaren Vale e Willunga, Holmes foi o mais forte na chegada à meta, coincidente com uma contagem de montanha de primeira categoria, completando a tirada em 3:24.54 horas.

Richie Porte, que já tinha vencido a prova em 2017, gastou mais três segundos do que Holmes, com o italiano Manuele Boaro (Astana) a ser terceiro, a quatro segundos.

Trek-Segafredo no Tour Down Under 2020
© Auld Photo

Na geral, Porte venceu com 25 segundos de avanço sobre o italiano Diego Ulissi (UAE-Emirates) e sobre o alemão Simon Geschke (CCC), segundo e terceiro respetivamente, enquanto o sul-africano Daryl Impey (Mitchelton-Scott), anterior líder e vencedor das duas últimas edições, caiu para sexto, a 30.

O português João Almeida, que fez a estreia pela Deceuninck-QuickStep, foi 40.º na etapa, a 1.04 minutos de Holmes, concluindo o Tour Down Under na 62.ª posição, a 10.46 de Porte.

© Tim de Waele/Getty Sport

Como a Trek-Segafredo havia anunciado, seguia para o 22º Santos Tour Down Under com grandes ambições, tanto para a equipa feminina, como a masculina. Na feminina Ruth Winder venceu e na masculina Richie Porte também foi o grande vencedor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome