A Equipa Continental UCI Miranda-Mortágua deu início hoje à Temporada 2019, com a Prova de Abertura Região de Aveiro.

A corrida começou sob chuva forte, em Sever do Vouga, mas o sol apareceu ao longo dos 162,4 quilómetros que levaram o pelotão de 107 unidades até Estarreja, onde saiu vencedor Rui Oliveira (Equipa Portugal).

Após um início de corrida atribulado com muita chuva, deu-se logo nos primeiros quilómetros uma fuga de 12 elementos. A equipa não conseguiu colocar qualquer ciclista neste grupo, e teve portanto, que assumir as despesas do pelotão com a perspetiva de uma chegada ao sprint para Daniel Freitas.

Esforço enorme de perseguição da equipa durante grande parte da corrida, fez com que o grupo mais adiantado não alargasse a sua vantagem e já nos derradeiros 20 quilómetros foi neutralizado pelo pelotão.

A equipa esteve sempre em redor de Daniel Freitas, protegendo-o do vento e deixando-o sempre nas melhores condições para que este pudesse discutir o sprint final.

Já nos derradeiros metros, Daniel Freitas acabou por ficar “fechado” e não conseguiu lançar o seu sprint em perfeitas condições, o que o fez finalizar na 9ª posição. No final, Daniel Freitas afirmou que “a equipa fez um excelente trabalho ao assumir as despesas da corrida, nunca deixou que a fuga ganhasse uma vantagem irrecuperável. No final acabei por ficar fechado e perdi por duas vezes o timing do sprint, mas ainda assim, o mais importante é que ficam as boas sensações durante toda a etapa e o sinal que a equipa está bastante unida.”.

Já Pedro Silva, enalteceu também o esforço e união dos jovens ciclistas, “não tivemos medo de assumir a corrida, e estávamos esperançosos de sair daqui com um pódio do Daniel. Os sprints são mesmo assim, por vezes é preciso uma ponta de sorte, mas fica o registo que a equipa está muito unida e gostei muito da atitude de todos hoje.”

Classificação Etapa
Sever do Vouga – Estarreja, 162,4 km
1.º Rui Oliveira (Equipa Portugal), 3h51m08s
9.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), mt
35.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua) a 11s
52.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua) a 16s
53.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua) mt
64.º Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua) a 48s
65.º Tiago Leal (Miranda-Mortágua) mt
66.º Pedro Pinto (Miranda-Mortágua) mt

Classificação por Equipas
1.º Equipa Portugal, 11h33m28s
11.º Miranda-Mortágua, a 23s

Deixar uma resposta