André Carvalho e João Almeida correm, na manhã desta terça-feira, o contrarrelógio individual para sub-23 do Campeonato do Mundo de Estrada, entre Ripon e Harrogate, Inglaterra.

Vão encontrar um percurso muito exigente, pela distância, pelo terreno ondulado e pelas zonas técnicas, que, com chuva, poderão ser perigosas.

O exercício individual terá 30,3 quilómetros. Os primeiros 12 mil metros são os mais planos, mas também os mais desabrigados e aqueles em que o vento poderá ter maior influência. Segue-se um troço de dez quilómetros com três subidas duras, em terreno que exige capacidade física e perícia, até que se faz uma aproximação rápida a Harrogate, onde a prova termina, na reta, com 450 metros em subida, comum a todas as competições deste Mundial.

O objetivo principal dos sub-23 portugueses é a prova de fundo, na sexta-feira. No entanto, o selecionador nacional considerou importante escalar André Carvalho e João Almeida para o contrarrelógio. “Além de ser relevante, enquanto trabalho de aproximação à prova de fundo, ciclistas com a qualidade e o potencial destes jovens devem também ser chamados a competir e a desenvolver as competências no contrarrelógio”, explica José Poeira.

André Carvalho é o exemplo mais paradigmático do que afirma o responsável técnico da Equipa Portugal. “É o contrarrelógio mais longo da minha carreira. Sei que não poderei discutir as primeiras posições, mas vou defender-me o melhor que puder. Será uma boa preparação para a prova de fundo, além de uma aprendizagem que considero importante para o futuro”, afirma o corredor famalicense.

João Almeida já conseguiu um top 10 no Campeonato da Europa de Contrarrelógio, em 2018. Mas o natural das Caldas da Rainha tem noção de que o nível é mais elevado no Mundial e que o foco principal é a corrida de sexta-feira. “O percurso do contrarrelógio é durinho, com alguns topos bem difíceis. Acho que é bom para nós. Pela minha parte, vou dar tudo. Conseguir um lugar no top 15 era muito bom, tendo em conta a qualidade dos adversários”, reconhece.

O contrarrelógio de sub-23 inicia-se às 10h10. O horário de partida dos corredores portugueses será conhecido ao final da tarde desta segunda-feira.

A prova poderá ser vista em direto na Eurosport 1, que fará a transmissão integral da corrida.

Deixar uma resposta