Cerca de 40% das famílias portuguesas têm bicicletas

43

A bicicleta é um meio de transporte detido por perto de 40% das famílias portuguesas, de acordo com os dados do inquérito à mobilidade disponibilizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Este valor global, que diz respeito aos dados de 2015/1016, representa uma subida de 10,7 pontos face ao valor dos anos 2010/2011, período que se tinham feito os inquérito mais recentes.

Ainda de acordo com os dados do INE, “a proporção mais elevada de agregados com bicicleta (50,7%) foi observada para a região Centro, e a proporção mais baixa na Região Autónoma da Madeira (12,3%)”.

É nas familias com crianças que há maior posse de bicicletas, chegando, nestes agregados, aos 63,6%, 23,8 pontos percentuais acima da média nacional.

Numa altura em que vários municípios estão a apostar em ciclovias, o INE está a realizar, deste o início de Outubro (e até Dezembro) um inquérito à mobilidade nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto. Entre outros aspectos, o objectivo do INE é saber quais os padrões de mobilidade diária das pessoas que residem nestas duas regiões, e que opinião têm dos meios de transporte individual e colectivo.

As estatísticas a disponibilizar pelo Inquérito à Mobilidade serão importantes para a definição fundamentada de políticas e planeamento de infra-estruturas e de serviços essenciais à população”, realça o INE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome