Canyon Topeak Factory Racing corre na época de 2018 em XCM

109

A Canyon vai estender o seu compromisso de trabalhar com os melhores ciclistas em 2018 com a criação da sua última equipa, Canyon Topeak Factory Racing. Os especialistas em maratona XC estarão dirigidos pelo campeão do mundo, Alban Lakata da Áustria, Kristian Hynek da República Checa, o americano Jeremiah Bishop e o nativo da África do Sul, Erik Kleinhans.

A Canyon Topeak Factory Racing (CTFR) substitui à equipa de êxito Topeak-Ergon Racing Team, com um grupo americano que continuará a competir nas provas da América do Norte. Erik Kleinhans vai contribuir com os seus muitos anos de experiência no seu duplo papel de ciclista e Team Manager.

Para o fundador da Canyon e CEO, Roman Arnold, a representação de profissionais em qualquer disciplina ciclista vai além da exposição da marca: “A nossa história, na Canyon, está fortemente enraizada no ciclismo. Pessoalmente, estou muito emocionado por que a Canyon Topeak Factory Racing vai juntar-se às nossas equipas de enduro, downhill e freeride no mesmo teto. Trabalhar com estes atletas é muito mais do que ensinar o nosso produto, o diálogo entre os engenheiros e ciclistas profissionais em todos os desenvolvimentos faz com que as nossas bicicletas deem o seu melhor com qualquer ciclista em qualquer terreno. Isso é o que faz à Canyon diferente”.

Situar-se no mais alto da lista na dura Absa Cape Epic (começo 18 de março) e defender o arco-íris de Alban Lakata nos Campeonatos Mundiais de XCM são os objetivos de 2018. Os ciclistas podem escolher entre a rígida superleve Exceed CF SLX e modelos com suspensão da Lux CF para competir, dependendo do terreno.

Além da maratona, Canyon também vai estar representada no mais alto na Taça Mundial de XCO. Pauline Ferrand-Prévôt, da CANYON//SRAM e o holandês Matheu van der Poel da Correndon-Circus têm o desafio de terminar com o domínio suíço de Jolanda Neff e Nino Schurter. Os dois ciclistas realizaram excelentes atuações na temporada passada, apoiadas no inverno. Mathieu van der Poel dominando a Taça Mundial de Cyclocross e Pauline Ferrand-Prévôt também voltou ao mais alto do pódio com a sua vitória no circuito nacional francês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome